Novo comandante

Zubeldía evitou 'climão' e conquistou Muricy para acertar com o São Paulo

Treinador chegou ao Brasil neste domingo

Por Agências
Publicado em 21 de abril de 2024 | 10:59
 
 
 
normal

Anunciado no último sábado (20) como novo técnico do São Paulo, Luis Zubeldía fez questão de abrir as conversas com o Tricolor já evitando um 'climão' com Muricy Ramalho, coordenador técnico, e conseguiu conquistar o ídolo tricolor.

Logo no início da entrevista, Zubeldía fez questão de explicar o porquê de ter postergado a conversa com o São Paulo no início do ano. O argentino afirmou que ainda estava se desligando da LDU e com a mente ainda fatigada após os títulos.

O treinador disse que para vir para o São Paulo ele precisava estar bem e com foco total, do contrário não teria sucesso. A LDU de Zubeldía levou o campeonato equatoriano e a Sul-Americana do ano passado.

Muricy aprovou a linha de pensamento de Zubeldía e gostou bastante da conversa. As partes chegaram a um acordo prévio em pouco mais de uma hora de reunião na última quinta-feira (18). Zubeldía foi alvo do São Paulo no início do ano, mas o Tricolor só conversou com seu agente. O clube agendou uma entrevista com Zubeldía, mas o argentino acabou alterando a data e irritou Muricy Ramalho.

O coordenador técnico chegou a dizer em entrevista que Zubeldía não teria demonstrado muito interesse em assumir o São Paulo. "Não entrevistamos porque marcou, depois não queria conversar, foi muito rápido. Muita pose. 'Pode ser daqui a dois, três dias', e a gente louco no mercado para trazer treinador. Você vai me desculpar, aqui é o São Paulo, meu filho", disse em entrevista na CNN.

Zubeldía vê o elenco do São Paulo como um dos melhores da América do Sul. Ele já tem bom conhecimento do grupo e fez muitos elogios na reunião com a diretoria. O treinador chegou neste domingo (21) ao Brasil e viaja com o presidente Julio Casares para Goiânia, onde acompanha in loco a partida entre São Paulo e Atlético-GO.

O argentino não estará à disposição por questões burocráticas, mas mesmo que estivesse liberado ainda não comandaria a equipe. O São Paulo corre para obter a liberação de Zubeldía para a partida da Libertadores. No entanto, ainda que não esteja liberado, o argentino está empolgado para já preparar a equipe para o duelo contra uma equipe que conhece tão bem quanto o Barcelona de Guayaquil. (Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!