Rodrigo Rodrigues
@otempo
22/04/21
19h13

Briga na direita

América: após mais de três meses parado, Diego Ferreira vai recuperando espaço

Lateral voltou a jogar em março, depois de longo período se recuperando de lesão muscular: domingo, contra a URT, completará terceira partida seguida como titular

Diego Ferreira esperar engatar uma sequência de jogos — Foto: Marina Almeida/América
Rodrigo Rodrigues | @otempo
22/04/21 - 19h13

Depois de se recuperar de grave lesão muscular na coxa esquerda, que o afastou dos gramados por mais de três meses, o lateral-direito Diego Ferreira vai, gradativamente, recuperando seu espaço no América.

O jogador se machucou no início de novembro, no clássico contra o Cruzeiro pela Série B. Só voltou a atuar em 18 de março, quando saiu do banco para marcar o gol que deu a classificação ao Coelho na Copa do Brasil, na vitória por 1 a 0 sobre o Treze-PB.

Enquanto esteve no departamento médico, a lateral foi ocupada por Thalys e o zagueiro Joseph. A partir de agora, Diego Ferreira espera engatar uma sequência. Foi titular nas duas últimas partidas do Campeonato Mineiro, na derrota para o Tombense (2 a 1) e na vitória diante do Coimbra (2 a 0).

No próximo domingo, terá oportunidade de atuar pela terceira vez seguida, no confronto contra a URT, às 16h, no Zama Maciel. Nova chance para mostrar ao técnico Lisca que está pronto para ser titular, já que a concorrência no setor aumentou, com a contratação de Eduardo, ex-Ceará.

“Infelizmente, tive a lesão. A princípio, só tinha o Thalys de lateral. O Joseph faz aquela função, além de cumprir bem tanto de zagueiro como de volante. Ele entrou e jogou bem. A disputa já estava sadia, mas sabíamos que chegaria outra contratação de peso. O Eduardo é um cara experiente na Série A, já rodou em vários clubes. Recebemos ele muito bem, como fazemos com todo mundo. Quem treinar melhor será a escolha do treinador”, avalia Diego Ferreira.

O América ocupa a segunda colocação no Estadual, com 19 pontos. Está praticamente garantido na semifinal, com 99,22% de possibilidade, segundo o site Probabilidades no Futebol, do departamento de Matemática da UFMG. No entanto, terminar a fase classificatória como vice-líder garante vantagem no primeiro mata-mata, podendo jogar por dois resultados iguais contra o time que terminar em terceiro lugar. Neste momento, a posição é do Cruzeiro, com 17 pontos.

É em busca dessa vantagem que o Coelho vai a Patos de Minas no fim de semana. “Nosso desejo era classificar em primeiro. Mas, devido a alguns resultados negativos, não conseguimos. Vamos buscar os pontos para ter a vantagem que existe”, analisa Diego Ferreira.

 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000