Duda Gonçalves
@otempo
14/06/21
16h23

Será?

América: Felipe Conceição prefere não comentar possível retorno ao clube

Treinador deixou o clube em janeiro do ano passado para comandar o Red Bull Bragantino e desde então passou por outros dois clubes, incluindo o rival Cruzeiro

Enquanto Lisca comandava o América, Conceição treinou o Red Bull Bragantino, o Guarani e o Cruzeiro — Foto: Mourão Panda / América
Duda Gonçalves | @otempo
14/06/21 - 16h23

Após a saída do técnico Lisca, o América vai ao mercado buscar um novo treinador, e a solução poderia estar em um velho conhecido: Felipe Conceição, ex-treinador do Cruzeiro, que foi demitido ainda na última quarta-feira (9), após a eliminação do time na Copa do Brasil. O treinador revelou que indicou o retorno de Conceição ao clube, em entrevista coletiva à TV Coelho.

“Vou falar, minha sugestão para o salum foi o Cauã e o Felipe [Conceição]. Preciso dizer isso para o Felipe porque aconteceu uma situação muito degradável aqui em relação a ele. Sempre admirei demais ele, e dei essa minha opinião para o Salum, se ele tivesse vontade [de voltar], e se fosse vontade do América, gostaria muito que isso acontecesse, de coração. Felipe, falei isso com você lá em Campinas, no jogo contra o Guarani, que no momento que saísse do América, eu achava que você teria que retomar,as isso é uma decisão da diretoria e uma opinião minha”, revelou Lisca, em sua despedida.

Em contato com a reportagem do Super.FC, o treinador preferiu não comentar a situação. “Não recebi nenhum contato do América ainda não, e é isso, até agora não houve contato”, disse o treinador. Conceição estava no Cruzeiro, onde comandou dezenove partidas, com oito vitórias, três empates e oito derrotas. Nas semifinais do Campeonato Mineiro, foi eliminado pelo América de Lisca, após duas derrotas. 

A história de Felipe Conceição com o América durou cerca de um ano e meio. O treinador chegou ao CT Lanna Drumond em julho de 2018, como auxiliar técnico. E um ano depois assumiu o comando técnico da equipe após a saída de Maurício Barbieri. Na ocasião, foram 30 jogos, com 16 vitórias, nove empates e cinco derrotas.

Conceição se desligou do time, pois aceitou a proposta para treinar o Bragantino, onde ficou por sete meses. No Massa Bruta, foi eliminado pelo Corinthians nas quartas de final do Campeonato Paulista. No Campeonato Brasileiro, a última partida de Conceição foi a derrota por 3 a 0 para o Fortaleza, resultado que deixou o time do interior paulista na zona de rebaixamento. Em 18 jogos, somou nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas, aproveitamento de 57%.

Na sequência, dirigiu o Guarani por quatro meses, onde conseguiu recuperação que tirou o time da vice-lanterna da Série B e levou a briga pelo acesso até janeiro, quando o clube sofreu queda de rendimento. Ao todo, foram 24 jogos no comando do Guarani, com 11 vitórias, 4 empates e 9 derrotas, aproveitamento de 51,4%.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000