Gabriel Pazini
@superfcoficial
01/10/19
19h46

DM alvinegro

Médico do Galo atualiza quadro de Victor e detalha situação de Jair

Rodrigo Lasmar explica que ambos não possuem previsão de retorno aos gramados

Victor ficará de molho por mais tempo — Foto: Bruno Cantini/Atlético
Gabriel Pazini | @superfcoficial
01/10/19 - 19h46

Um dos grandes ídolos da história do Atlético, o goleiro Victor não atua desde 17 de julho por conta de uma tendinite no joelho esquerdo. O arqueiro só voltará quando estiver 100% e a tendência é que isso demore um pouco. Ele já está treinando na Cidade do Galo, mas ainda sente dores e não tem condições de atuar. O chefe do departamento médico alvinegro, Rodrigo Lasmar, explicou a situação ao Super.FC.

"O Victor tem um processo inflamatório no joelho esquerdo e está em tratamento na fisioterapia. Este joelho foi operado no início da carreira dele e foi retirada uma grande parte do menisco. Como o joelho dele já tem alterações há alguns anos, sempre tivemos um cuidado especial. O quadro é que agora apresentou uma piora, ele está relatando dor e precisou parar", afirmou o médico.

"Estamos observando a resposta do Victor ao tratamento e usando todas as alternativas para a recuperação dele. Ele vai progredindo aos poucos com o tratamento e voltará a jogar, mas não temos uma previsão de retorno, tudo depende da evolução dele e ele voltará quando estiver 100%", completou.

Na ausência de Victor, o titular tem sido o jovem Cleiton, que tem feito boas atuações e vem sendo elogiado pela torcida e pela imprensa.

Jair

Já o volante Jair, titular e peça fundamental no time de Rodrigo Santana, sofreu um novo estiramento muscular na coxa direita durante a vitória sobre o Colón-ARG, no Mineirão. É a mesma lesão que tinha deixado o jogador afastado dos gramados por duas semanas. O meio-campista forçou o retorno contra os argentinos, sofreu a mesma contusão e agora ficará de molho por mais tempo.

"O Jair tem um estiramento muscular na região posterior da coxa direita. Ele foi para o jogo (contra o Colón) sabendo do risco. Foi algo conversado entre comissão técnica, diretoria e o jogador. Era o jogo mais importante do ano para nós e entendemos que valia a pena correr o risco nesta situação, porque poderíamos chegar na final. Ele está entregue à fisioterapia e, assim como o Victor, não tem previsão de retorno", explicou.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000