Thiago Fernandes
@OTEMPO
27/09/21
09h59

Valeu a pena?

Antecessores de Luxemburgo vivem Série B melhor que a do Cruzeiro

Enderson Moreira, Mozart Santos e Felipe Conceição estão em situações superiores à do Cruzeiro no torneio. Scolari e Ney Franco não disputam competição

Enderson Moreira fará a sua estreia no time carioca — Foto: Vítor Silva / Botafogo
Thiago Fernandes | @OTEMPO
27/09/21 - 09h59

Três dos últimos treinadores do Cruzeiro estão em posições melhores que o clube na atual edição da Série B do Campeonato Brasileiro. Enderson Moreira, Mozart Santos e Felipe Conceição vivem situações melhores que a dos mineiros nesta temporada. Os outros comandantes – Ney Franco (sem clube) e Luiz Felipe Scolari (no Grêmio) – não disputam a competição nacional.

Enderson Moreira é quem vive melhor fase na Série B. À frente do Botafogo, ocupa a vice-liderança do torneio, com 47 pontos conquistados, cinco a menos que o líder Coritiba. O time tem quatro à frente do Avaí, quinto colocado, e tem boas condições de conseguir o acesso para a elite do futebol nacional. De acordo com o departamento de matemática da UFMG, a probabilidade de acesso é de 86,9%.

O treinador assumiu o Alvinegro Carioca em 24 de julho passado. De lá para cá, esteve à frente do time em dez partidas, com sete vitórias, um empate e duas derrotas. No período, a equipe marcou 11 gols e sofreu quatro.

Enderson Moreira esteve no Cruzeiro durante a temporada passada. Na ocasião, não rendeu o esperado e foi demitido pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues. A sua passagem na Toca da Raposa II durou 12 partidas.

Algoz da equipe mineira na tarde desse domingo (26), Mozart Santos treinou o time nesta temporada. A sua passagem durou 12 partidas, com duas vitórias, três derrotas e sete empates. Sem sucesso, pediu para deixar a Toca da Raposa II após a igualdade com o Londrina, pela 15ª rodada da Série B.

Pouco tempo após a sua saída do clube, acertou a volta ao CSA e vive situação melhor que a de seu antigo time na classificação. Os alagoanos ocupam a sétima colocação, com 38 pontos, seis a menos que o CRB, quarto colocado e último da zona de classificação para a Série A 2022.

Hoje no CSA, Mozart Santos tem 13,9% de chances de garantir o acesso para a elite do futebol nacional. Os números são do departamento de matemática da UFMG.

Felipe Conceição comandou o Cruzeiro no Campeonato Mineiro 2021 e nas duas primeiras rodadas da atual edição da Série B. Após duas derrotas consecutivas, para Confiança e CRB, foi demitido pela diretoria. Na quinta rodada, já estava à frente do Remo.

Desde que chegou à equipe do Pará, disputou 18 partidas, com nove vitórias, dois empates e sete derrotas. Os números levaram a equipe para a nona colocação, com 36 pontos, oito atrás do CRB, último do G-4.

O treinador tem 4,2% de chances de garantir o acesso à elite do futebol nacional com o Remo atualmente, de acordo com o departamento de matemática da UFMG.

Hoje com Vanderlei Luxemburgo, o Cruzeiro é o 14º colocado da Série B, com 31 pontos conquistados. A equipe tem apenas 0,17% de chances de conseguir a promoção para a elite do futebol nacional. Em compensação, a chance de queda para a Série C é de 10,5%. Os números são do departamento de matemática da UFMG.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000