Josias Pereira
@josiaspereira
20/11/20
23h26

Igualdade

Cruzeiro empata com o Figueirense e volta a desperdiçar pontos no Mineirão

Raposa segue estacionada na 15ª posição, agora com cinco pontos de frente para o Náutico, primeiro time do Z-4, mas que joga neste sábado

Cruzeiro e Figueirense se enfrentaram no Mineirão, em partida realizada na noite desta sexta-feira, pela 22ª rodada da Série B — Foto: Ramon Bittencourt / O Tempo
Josias Pereira | @josiaspereira
20/11/20 - 23h26

Mais uma vez o Cruzeiro desperdiçou uma boa chance de vencer no Mineirão. Diante de um Figueirense remontado com a chegada do técnico Jorginho, que fez sua estreia pelo clube catarinense, o time celeste ficou no empate por 1 a 1, em jogo disputado na noite dessa sexta-feira, válido pela 22ª rodada da Série B. Com o resultado, a Raposa segue estacionada na 15ª posição, agora com 25 pontos, cinco à frente do Náutico, primeiro time no Z-4, que joga neste sábado contra o CRB, fora de casa. 

O time estrelado ainda saiu atrás no marcador frente, e teve que correr atrás da igualdade, contando com um belíssima finalização de Airton, em grande fase com Felipão. Foi a oitava partida seguida da Raposa sem derrotas, a sexta sob o comando de Felipão. Em dois jogos seguidos no Mineirão (Guarani e Figueirense, dois times que brigam na parte inferior da tabela), a equipe somou apenas dois pontos. No returno, a equipe fez cinco pontos em nove possíveis. 

O jogo 

O Cruzeiro contou com a reestreia de Sóbis, além da volta de Marcelo Moreno ao time. Mas a válvula de escape do ataque seguiu mesmo sendo o veloz Airton. Por vezes, Moreno caiu pelas beiradas de campo, completamente fora de posição. Mas, sem dúvidas, o grande destaque negativo dos primeiros 45 minutos de partida pelo lado celeste foi Patrick Brey. 

Com pouco mais de 10 minutos de partida, Sóbis cobrou um escanteio no segundo pau para ninguém. Na sequência, o castigo. Foi caindo justamente pelo setor de Brey que o Figueirense puxou o contra-ataque. Para completar, Ramon,, que mais uma vez atuou improvisado como volante, não conseguiu chegar em Léo Artur, que fez um bonito gol, encobrindo o goleiro Fábio. 

O Cruzeiro novamente teve que fazer uma partida de recuperação. Batalhando contra seus erros, o time conseguiu chegar ao empate ainda na etapa inicial. Brilhou a estrela do talismã Airton. Aos 35 minutos, o camisa 77 cortou para a direita e acertou um belíssimo chute no canto do goleiro. O quarto gol de Airton sob o comando de Luiz Felipe Scolari, tento que o transformou, de forma isolada, no maior artilheiro do Cruzeiro na Série B nacional. 

Na volta para o intervalo, Felipão sacou os envolvidos no gol do Figueira. Brey, em noite para ser esquecida, deixou o campo para o retorno de Matheus Pereira. Além dele, Ramon também foi sacado e o experiente Jadson virou o companheiro de Jadsom Silva na 'volância'. O Cruzeiro melhorou de forma substancial a marcação na etapa final, corrigindo o espaço que vinha dando no lado esquerdo. 

No entanto, levou pressão no final do jogo e, por pouco, além de uma bela intervenção de Fábio, não saiu de campo com o placar adverso. Após 11 dias de treinamento, o Cruzeiro não apresentou nenhuma novidade substancial, decepcionando a torcida que aguardava o retorno do elenco aos gramados. 

Próximo compromisso

O Cruzeiro volta a campo já na próxima terça-feira (24), quando viaja até Santa Catarina para encarar a líder Chapecoense, às 21h30. O Figueirense atua no mesmo dia, só que mais cedo. Encara o lanterna Oeste, no Orlando Scarpelli. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000