Josias Pereira e Dimara Oliveira
@otempo
26/10/20
16h26

Olho nos números

Cruzeiro precisa de rendimento superior ao da Chape para sonhar com o acesso

Matemático detalha drama celeste, que necessitaria de vencer três a cada quatro partidas restando 20 compromissos na Série B

Na matemática crua e fria, empate com o Náutico de nada valeu para a Raposa — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Josias Pereira e Dimara Oliveira | @otempo
26/10/20 - 16h26

O matemático Moacir Martinez detalhou ao Super.FC a enrascada que o Cruzeiro vai adentrando a cada rodada que passa na Série B do Campeonato Brasileiro. A 18ª jornada terminou com a Raposa seguindo na zona do rebaixamento, com 17 pontos conquistados e a 18ª posição na tabela, a 11 da Juventude, a quarta colocada no momento.  

Segundo a projeção do matemático, o Cruzeiro teria que bater um aproveitamento de 75% para sonhar hoje com o quarto posto, isso significaria 15 vitórias nas 20 partidas que restam ao time e um rendimento superior hoje ao desempenho da líder Chapecoense, com 70,6% de aproveitamento em 17 jogos na Série B. 

"A situação do Cruzeiro continua difícil do mesmo jeito porque, olha bem, ele tem 20 partidas para fazer. A primeira colocação, ser campeão, é algo que ninguém acredita, nem o Felipão ou o próprio Cruzeiro. Não existe essa. A  segunda colocação também está fora do expediente. O que sobra para o Cruzeiro: primeiro sair do rebaixamento. Ele precisa fazer das 20 partidas de nove a 10 vitórias para sair do rebaixamento (chegando a 47, que é o número considerado para fugir da degola na Série B). O Cruzeiro até agora fez qual campanha? Menos de um ponto por partida. Tem oito times que ainda têm um jogo a menos dos 20 da Série B", aponta Martinez. 

"Vamos colocar uma situação para todos entenderem a dificuldade. Vamos supor que o quarto colocado suba com 62 pontos, como foi no ano passado. O Cruzeiro hoje tem 17 pontos, faltariam 45, ou seja, 15 vitórias em 20 jogos. Isso não garantiria a classificação, mesmo assim seria 75% de aproveitamento. Um aproveitamento sensacional na Série B é o da Chapecoense que eu fiz uma previsão na semana retrasada  que, provavelmente, será o campeão. Eles estão com um rendimento de quase 71%, ainda estão com um jogo a menos e não possuem o rendimento que o Cruzeiro teria que atingir. Ou seja, o time celeste teria que fazer 75% para disputar a quarta posição", acrescentou o matemático. 

Moacir Martinez ainda aposta hoje que o Cruzeiro vai terminar a Série B em uma posição mediana na tabela porque mesmo que o time atinja 62 pontos, a garantia de acesso não existiria. 

"O empate com o Náutico não vale nada. A última coisa que ele tem que tentar é empatar. Ele tem que ganhar. Se você me perguntar assim que lugar o Cruzeiro vai ficar? Ele vai ficar em uma posição mediana na tabela. Do oitavo ao 12º ou 14º porque na Série B tanto faz ficar em quinto ou em 15º. Vale mesmo ficar entre os quatro. E para ficar em quarto, a cada quatro partidas, ele tem que ganhar três. Mesmo assim, não garante. Ele chegaria a 62 pontos. Teria que fazer mais do que isso", finalizou o estudioso. 

O departamento de matememática da UFMG sinaliza hoje que o Cruzeiro possui 1,1% de chance de acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, enquanto a probabilidade de queda à Série C figura em 44%. A Raposa volta a campo na próxima sexta-feira, quando encerra o turno da Série B encarando o Paraná, pela 19ª rodada da segunda divisão. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000