Josias Pereira
@josiaspereira
24/06/20
09h00

Ex-celestes

De vinda após 'corpo mole' ao adeus em festa: recorde os paraguaios no Cruzeiro

Cáceres será o sexto jogador do país vizinho a defender a camisa celeste; ele terá a missão de superar desempenho sem brilho de compatriotas

Samudio foi o último paraguaio a defender a Raposa — Foto: Washington Alves/LightPress
Josias Pereira | @josiaspereira
24/06/20 - 09h00

Raul Cáceres será o sexto jogador paraguaio na história do Cruzeiro. Uma lista de atletas que começou nos anos 1990. A história dos futebolistas do país na Raposa reserva algumas peculiaridades e também pouco brilho, algo que Cáceres tentará mudar. O Super.FC recorda a passagem desses nomes, iniciando em 1995, quando o meia Sotelo desembarcou na Toca da Raposa.  

- Gustavo Sotelo, meia (1995): 16 jogos, 1 gol

O jogador possuía talento, mas chegou ao Cruzeiro carregando o estigma de ter feito 'corpo mole' no maior clássico de seu país natal. À época, a Raposa aceitou pagar US$ 100 mil ao atleta do Olimpia. Ele chegou a Belo Horizonte em maio de 1995 visivelmente fora do peso e demorou a estrear. Seu primeiro jogo foi um amistoso em agosto. No dia 19 de setembro daquele ano, o paraguaio fez seu único gol no clube, marcado em uma vitória sobre o Paysandu, por 3 a 1, no Mangueirão, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogador conquistou a Copa Ouro pelo clube, mas acabou devolvido ao Olímpia no fim da temporada. Naquela decisão contra o São Paulo, Sotelo esteve em campo, aproveitando-se da ausência de Marcelo Ramos. A Raposa foi campeã nos pênaltis e o paraguaio foi substituído por Dinei. Apesar de demonstrar talento, não conseguiu emplacar na Raposa. 

- Arnaldo Espínola, zagueiro (1999): 35 jogos, 1 gol

Contratado por empréstimo pelo Cruzeiro junto ao Internacional, em 1999, o defensor foi mais um que não encantou a torcida cruzeirense. Chegou a disputar uma quantidade boa de jogos, mas foi devolvido ao clube colorado ao fim da temporada. Ele marcou apenas um gol com a camisa celeste, a vitória por 4 a 1 sobre o Botafogo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. 

- Victor Quintana, volante (2002): 10 jogos

Campeão da Libertadores com o Olimpia e com passagem pelo Porto-POR, Quintana tinha um apelido peculiar "El Animal". No mesmo ano que levantou 'La Copa', ele transferiu-se para o Cruzeiro. Porém, em BH, teve passagem bem discreta, disputando apenas 10 jogos, todos pelo Brasileiro, e saindo sem deixar muitas recordações. Em 2009, aos 36 anos, Quintana encerrou a carreira pelo 'Rei de Copas'.

- José Ortigoza, atacante (2011): 34 jogos, 5 gols

Atacante conhecido no futebol brasileiro pela passagem no Palmeiras, Ortigoza veio para a Raposa em 2011. O paraguaio esteve em ação pelo time em um número considerável de jogos, mas nunca chegou a emplacar um período de titularidade. Ele foi às redes em cinco oportunidades. Ortigoza foi uma das contratações do diretor de futebol Dimas Fonseca, e esteve em campo no fatídico 6 a 1 sobre o Atlético. 

- Miguel Samudio, lateral esquerdo (2014): 28 jogos, 2 gols

Antes de Cáceres, o Cruzeiro teve como último paraguaio no elenco um lateral: Miguel Samudio fez parte do elenco que faturou o tetracampeonato brasileiro. Apesar disso, entrou em campo pouco. Era o reserva de Egídio. Ainda na festa pela conquista do torneio nacional, Samudio havia anunciado que estava deixando a Raposa para retornar ao Libertad-PAR, clube que detinha os seus direitos. Hoje, aos 33 anos, ele atualmente defende a camisa do Olimpia. 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000