Josias Pereira
@superfcoficial
03/09/19
20h05

Paredões

Fábio x Lomba: pênaltis podem decidir finalista da Copa do Brasil

Sem gol qualificado, qualquer triunfo por um gol de diferença levará a disputa para as penalidades

Josias Pereira | @superfcoficial
03/09/19 - 20h05

Com a ausência do gol qualificado na Copa do Brasil, o 1 a 0 conquistado pelo Internacional, no Mineirão, deixa o Colorado com a vantagem do empate e coloca o Cruzeiro com a missão de vencer por dois gols de diferença para avançar à terceira final seguida de Copa do Brasil. Todavia, existe a possibilidade de a disputa se dirigir à marca da cal, com os pênaltis decidindo o finalista da Copa do Brasil. 

Nesse cenário, resultados de qualquer vitória do Cruzeiro por um gol de diferença, a esperança do torcedor celeste se concentra em Fábio, que no último domingo chegou ao 28º pênalti defendido com a camisa estrelada. O pensamento do camisa 1, no entanto, é que o confronto seja resolvido no tempo normal, evitando o desgaste da disputa, até porque Marcelo Lomba, goleiro do Inter, também é um bom arqueiro no fundamento. 

Na mente, o ano de 2017, quando um surprendente Internacional, na Série B, eliminou o Corinthians em Itaquera, avançando às oitavas da Copa do Brasil. Naquela noite, Lomba defendeu as cobranças de um cruzeirense, o meia Marquinhos Gabriel, e de Maycon. Com o Inter, no ano passado, Lomba ainda esteve na disputa de pênaltis com o Vitória, pela Copa do Brasil. Ele defendeu uma cobrança, e viu a equipe ser eliminada do torneio. 

“Pensamento é resolver da melhor forma possível no tempo normal. Mas sabemos que é um jogo difícil, que temos que tentar primeiro fazer uma vitória simples e ver o que vai acontecer no decorrer do jogo, para que a gente possa aproveitar as oportunidades que o jogo nos favorece, mas sempre com o pensamento de ganhar primeiro e depois de conseguir esse primeiro passo se for para as penalidades é todo mundo focado, concentrado, porque tanto Cruzeiro como Inter possuem bons batedores, tem o Lomba que se destaca nos pênaltis, e vai ser um confronto muito equilibrado se chegar a esse ponto”, disse o goleiro do Cruzeiro. 

Na Libertadores, contra o River, Fábio acabou não tendo sorte na disputa de pênaltis decisiva. Aquela foi a primeira vez que o time celeste foi eliminado nos pênaltis no Novo Mineirão e também a primeira vez que Fábio sofreu um revés no fundamento desde 2006, quando o time foi eliminado pelo Santos, na Copa Sul-Americana. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000