Josias Pereira
@josiaspereira
30/09/20
09h00

Jogo físico

Sassá pode entregar ao Cruzeiro disputa que Série B exige: 'temos que nos impor'

Atacante sempre foi conhecido pelo perfil mais 'brigador', o que tem faltado ao time em determinados momentos na Série B

Sassá ganha nova chance no Cruzeiro após saída tumultuada do Coritiba — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Josias Pereira | @josiaspereira
30/09/20 - 09h00

Muito tem se falado que o elenco do Cruzeiro não tem encarado a Série B com o espírito de luta que a competição merece. Ter a capacidade se impor no físico e superar jogos que inevitavelmente serão truncados é uma das chaves para poder subir na tabela. O Cruzeiro vai contar com um atleta com esse perfil no comando de ataque. Sassá sempre foi um jogador conhecido pelo ímpeto físico e a disputa habitual dentro da área. 

E pensando na partida contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 19h15, no Mineirão, o jogador já adianta que a Raposa precisa se impor para sair de campo com os três pontos. 

"Um jogo que o Cruzeiro tem que se impor, apesar da tabela de classificação, mas aqui é Cruzeiro. Estamos jogando em casa, e temos que buscar e batalhar para conseguir essa vitória. Temos que estar 90 minutos concentrados. A gente precisa desse resultado, então temos que trabalhar para conseguir uma grande vitória", destacou o atacante. 

Para Sassá, que pode ser utilizado como centroavante de referência na vaga de Marcelo Moreno, não há outro caminho para o Cruzeiro. Vencer vai devolvendo, de forma contínua, a confiança à equipe. 

"A gente tem que vencer o mais rápido possível para começarmos a subir na tabela. Com vitórias sempre vem a confiança. Só assim vamos deixar o Cruzeiro no G-4, que é o que importa", salientou Sassá. 

Pressionado pela necessidade do resultado, o lado emocional também vem pesando no Cruzeiro. É neste momento que o time precisa de uma atitude mais equilibrada para não deixar que o peso influencie na tomada de decisão. 

"A gente tem que pensar parte a parte do jogo, temos que senti-lo, sei que a gente fica naquela ansiedade mesmo, eu vou para o meu primeiro jogo, a gente já fica naquela ansiedade de marcar, de poder ajudar o Cruzeiro. Mas precisamos fazer um jogo racional, sei que vamos estar muito emotivos, mas precisamos pensar o jogo e fazer cada ataque com a melhor qualidade possível", concluiu Sassá. 

O Cruzeiro, 17º colocado com apenas oito pontos conquistados, encara a Ponte Preta, que figura na terceira colocação e possui 21 pontos. O time celeste busca sair da zona de rebaixamento, mas encara uma Macaca que não sabe o que é perder há quatro jogos na Série B. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000