Josias Pereira
@superfcoficial
04/09/19
10h00

No Beira-Rio

Sem vencer fora há 12 jogos, Cruzeiro encara invencibilidade do Inter

Último triunfo da Raposa como visitante foi contra o o Deportivo Lara, por 2 a 0, ainda na quinta rodada da fase de grupos da Libertadores

Jogo desta noite pode colocar Cruzeiro a dois passos do hepta — Foto: Bruno Haddad / CEC
Josias Pereira | @superfcoficial
04/09/19 - 10h00

Vencer. Essa é a única possibilidade que o Cruzeiro tem de seguir sonhando com uma final na Copa do Brasil, o que seria a terceira seguida. Para tanto, o time comandado por Rogério Ceni terá que quebrar um tabu de 12 jogos sem saber o que é triunfar longe do Mineirão. A última vitória foi sobre o Deportivo Lara, por 2 a 0, ainda na quinta rodada da fase de grupos da Libertadores, em Cabudare, na Venezuela. 

Apesar da longa sequência, o goleiro Fábio acredita que as condições do jogo desta quarta-feira são diferentes dos resultados que o Cruzeiro vêm obtendo longe de BH. Uma partida de mata-mata pode acontecer de tudo. 

“São situações diferentes, um jogo apenas, é uma competição de mata-mata, muitas vezes também a gente passou por situações difíceis que precisamos reverter nessas últimas disputas de Copa do Brasil, um dos anos foi perder aqui (em Porto Alegre) para o Grêmio por 1 a 0. E isso ainda foi no regulamento antigo, quando o gol era critério de desempate fora de casa, e a gente não poderia sofrer gols. Tínhamos que fazer uma vitória, mesmo jogando em casa, com o apoio do nosso torcedor, conta o melhor time, o favorito, e buscamos a classificação para a final. Fomos bem e a gente, com empenho, dedicação e concentração, conseguimos a classificação. Agora, mesmo jogando fora de casa; a gente precisa de uma vitória simples para pelo menos ter a chance de continuar sonhando nas penalidades e conseguir a classificação” 

O Cruzeiro ainda duelará com outra dificuldade. o Inter detém uma longa invencibilidade dentro do Beira-Rio, acumulando resultados nas principais competições da temporada: Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores da América. 

Na Copa do Brasil, 3 a 1 contra o Paysandu nas oitavas e 1 a 0 contra o Palmeiras nas quartas, duas vitórias em dois jogos; pela Libertadores, venceu o Alianza Lima por 2 a 0, o Palestino por 3 a 2 e empatou com o River em 2 a 2 na primeira fase. Venceu o Nacional do Uruguai nas oitavas, por 2 a 0, e empatou com o Flamengo em 1 a 1 nas quartas, total de três vitórias e dois empates em cinco jogos. E pelo Brasileiro, o Colorado tem o segundo melhor aproveitamento como mandante, com sete vitórias e dois empates em nove jogos. 

“Sempre difícil enfrentar uma equipe qualificada, campeã de todas as competições possíveis, aliada à força do seu torcedor na estádio. Reverter é sempre difícil, ainda mais com as qualificações que o Inter tem torna o objetivo ainda maior. Mas com respeito, com o empenho que temos que colocar em prática dentro do jogo, se a gente for merecedor, temos a esperança de fazer uma boa partida e reverter essa vantagem do Inter”, analisou Fábio. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000