Da Redação
@otempo
27/09/20
17h04

Polêmica

Torcedora oferece moedas na Toca, expõe funcionários, provoca ira e é ameaçada

Torcedora "brinca" com a dificuldade financeira do Cruzeiro; após repercussão negativa, ela foi ameaçada e apagou o vídeo; empresa esclarece que ela já tinha sido desligada

Vídeo gravado pela própria torcedor mostra ela oferecendo moeda a funcionários do Cruzeiro — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Da Redação | @otempo
27/09/20 - 17h04

Um vídeo que viralizou nas redes sociais neste fim de semana provocou polêmica. Uma mulher, identificada como Camila, entregou moedas a funcionários do Cruzeiro na guarita de entrada da Toca da Raposa I, o centro de treinamento cruzeirense voltando a formação de atletas.

A "brincadeira" é uma alusão às dificuldades financeiras do clube, que passa por situação complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. A mulher postou o vídeo em suas próprias redes sociais mas, com a repercussão negativa, acabou apagando.

O ato provocou a ira de torcedores cruzeirenses, especialmente, por causa da exposição dos funcionários do clube. A mulher foi ameaçada e teria tido o endereço divulgado. Camila usava uma máscara da empresa Crescente Gramas, Flora e Paisagismo. Após a repercussão do caso, a empresa se manifestou nas redes sociais.

"Viemos manifestar nosso repúdio a um vídeo publicado nas redes sociais, onde uma pessoa, chamada Camila, faz ataques desnecessários a torcida e a funcionários do centro de treinamentos do Cruzeiro", diz a nota no Instagram.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

NOTA DE ESCLARECIMENTO! Viemos manifestar nosso repúdio a um vídeo publicado nas redes sociais, onde uma pessoa, chamada Camila, faz ataques desnecessários a torcida e a funcionários do centro de treinamentos do Cruzeiro. A pessoa, que gravou o vídeo, infelizmente usou máscara com a logo a Crescente Gramas, Flora e Paisagismo. Não compactuamos com a ação e esclarecemos que nossas máscaras foram distribuídas para clientes, fornecedores e funcionários. Aproveitamos para reafirmar que torcemos para que todos os times mineiros estejam bem nas respectivas competições que disputarem no cenário esportivo nacional. #crescentegramas #notadesescalrecimento #esclarecimento #repudio #respeito #cruzeiro #cruzeiroesporteclube

Uma publicação compartilhada por CRESCENTE GRAMAS (@crescentegramas) em

Em resposta a um comentário, a empresa explicou que Camila já trabalhou na empresa, mas foi desligada antes do ato. "Ela foi desligada no início da semana. Já não fazia parte do quadro de funcionários", esclareceu.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000