Daniel Ottoni
@dottoni
26/10/20
09h24

Trio no pódio

Judô: Brasil termina Grand Slam de Budapeste com três medalhas de bronze

Willian Lima, Suelen Altheman e Beatriz Souza saem da competição com importantes pontos somados na briga por vaga olímpica

Primeira medalha do Brasil veio na sexta-feira com Willian Lima (primeiro à direita) — Foto: Gabriela Sabau IJF
Daniel Ottoni | @dottoni
26/10/20 - 09h24

O saldo do Brasil no Grand Slam de Budapeste, na Hungria, neste final de semana, foi positivo com um total de três medalhas, todas de bronze. A competição marcou o retorno dos atletas com torneios oficiais, que valem pontos no ranking olímpico. 

Depois de Willian Lima (66kg) chegar ao pódio na sexta-feira, o domingo foi das mulheres, que fizeram bonito ao conseguir o bronze com Suelen Altheman e Beatriz Souza, ambas na categoria +78kg. Atualmente, Suelen está em 5º e Bia em 6º no ranking mundial. Entre os homens, o melhor resultado do domingo foi do peso-pesado Rafael Silva "Baby", que ficou em sétimo lugar.

“Essa medalha eu dedico às pessoas da Itália que, por motivos de saúde, não puderam competir. Mas, também dedico a cada pessoa responsável pela Missão Europa: COB, CBJ e a Federação Portuguesa de Judô, pois, se não fosse a ajuda de vocês nesse tempo difícil de pandemia, não teria conseguido treinar de forma que atingisse minha melhor forma para voltar a competir. Muito obrigado a todos que torcem e estão comigo nessa caminhada”, comemorou William.

Willian é uma das revelações mais recentes das categorias de base do judô brasileiro. Tem apenas 20 anos e é o atual campeão mundial júnior do meio-leve (66kg). Ele já conquistou resultados relevantes na classe sênior, como o bronze no Grand Slam de Brasília, em 2019, e um ouro no Aberto de Bariloche, em janeiro deste ano. 

No sábado, Ketleyn Quadros (63kg) ficou na quinta posição e Maria Portela (70kg) em sétimo. Número 10 do ranking mundial, Ketleyn chegou à Budapeste como cabeça-de-chave de sua categoria. O representante mineiro, Guilherme Schimidt (81kg), atleta do Minas Tênis Clube, caiu em sua primeira luta e foi logo eliminado. 

O próximo desafio da seleção brasileira em 2020 será o Campeonato Pan-Americano, em novembro, em Guadalajara, México. 
 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000