Gabriel Pazini
@superfc
25/06/19
17h15

'Decisão madura'

Salum explica fim da Primeira Liga como competição e próximos passos

Presidente do América vê calendário como principal razão para decisão

Presidente do América explica sobre a nova associação do futebol brasileiro com integrantes dos clubes da Primeira Liga — Foto: Flávio Tavares
Gabriel Pazini | @superfc
25/06/19 - 17h15

A Primeira Liga não vai existir mais como competição. A decisão foi tomada nesta terça-feira (25), após reunião de dirigentes dos clubes membros da instituição na sede do América, no Boulevard Shopping, em Belo Horizonte, e teve o lotado e complexo calendário do futebol brasileiro como principal motivo para a definição.

Agora, a ideia é que a Primeira Liga não organize mais competições e contribua "para a construção de uma Associação Nacional de Clubes, a fim de trabalhar com foco na unificação das agremiações em busca de melhorias para o futebol brasileiro", segundo nota oficial divulgada pela entidade.

Para o presidente do América e da instituição, Marcus Salum, a decisão é correta e "madura". "Estamos vivendo um momento decisivo do futebol brasileiro. É um momento em que os clubes estão vivendo muitas dificuldades e o futebol brasileiro está passando por muitas transformações. Hoje viemos discutir esse momento. Foi muito debate, muita conversa e demos um passo para frente. Nós vamos mudar o foco da Primeira Liga e não organizar mais competições, porque o calendário não permite. Não queremos começar uma competição que não tenha objetividade nem repercussão nacional", disse o dirigente.

"Na verdade, é um amadurecimento de decisão. Eu e o Leonardo (de Oliveira, vice-presidente da Primeira Liga e mandatário do Paraná Clube) já rodamos todos os parceiros em relação a isso para discutirmos como colocar uma competição. Ainda temos o contrato de uma competição assinado e foi solicitado para a gente que não fosse realizado, em 2018 e 2019 (a Primeira Liga), por causa da Copa do Mundo e da Copa América. Agora, eu te pergunto, onde vamos incluir uma competição? A pré-temporada diminuiu, a pré-Libertadores antecipou, a Copa do Brasil tem uma fase com 15 dias depois da pré-temporada. Os campeonatos regionais estão com as datas estouradas. Onde vamos colocar uma competição?", questionou.

Nem sub-23

Com os próprios clubes esvaziando a Primeira Liga nas duas edições disputadas, não usando força máxima e utilizando até jogadores das categorias de base, foi cogitado que o torneio continuasse existindo, mas não com os times principais, e sim equipes sub-23. No entanto, segundo Salum, nem mesmo isso irá acontecer.

"A possibilidade de ser um torneio sub-23 foi ventilada, mas hoje existe um campeonato nacional sub-23. Para que faríamos um campeonato que não teria força? Estamos sendo maduros. É remar contra a maré. Vamos colocar uma competição que não vai ter valor? Até treinadores não foram aos jogos da Primeira Liga... Para ter uma competição, a competição teria que ter peso, e nós não temos espaço no calendário pra isso", explicou.

Futuro

Salum também explicou quais serão os próximos passos da Primeira Liga, que agora vai buscar organizar e unificar os clubes na busca por melhorias para o futebol brasileiro.

"Vamos começar uma agenda nacional para que possamos contribuir com melhorias para o futebol brasileiro. Os clubes têm competência para se organizar, para trabalhar com as entidades que já existem no futebol brasileiro e hoje estamos começando a desenvolver essa ideia, que é buscar soluções para o futebol brasileiro. Hoje foi um dia especial para o futebol brasileiro", afirmou.

"A associação começa com os clubes da Primeira Liga, que são 16. Nós convidamos três e já somos 19. Agora vamos multiplicar esse número. Temos dois clubes da Série B e convidamos o Vila Nova, que também é da Série B, para a reunião. Nós temos um movimento dentro da Série B de liderança. Provavelmente vamos agregar os clubes da Série B. Alguns clubes da Série A pensam da mesma forma, então vamos buscar esses clubes. Não gosto de adiantar nem projetar nem nada, porque a projeção leva ao fracasso e o trabalho consistente leva ao sucesso. Com o trabalho consistente vamos conseguir conquistar algo importante no futebol brasileiro", concluiu.

A Primeira Liga como competição existiu durante apenas dois anos. Na primeira edição, em 2016, o Fluminense se sagrou campeão ao bater o Athletico Paranaense em Juiz de Fora. No ano seguinte, o Londrina bateu o Atlético na decisão, no Paraná.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000