Daniel Ottoni
@dottoni
24/09/20
08h25

Vaquinha virtual

Macris empenhada em campanha para ajudar tio que contraiu a Covid-19

Familiar da jogadora do Minas está em casa depois de ficar em coma e ser entubado; ação é para custear parte da dívida com hospital paulista

Macris sempre teve o tio (camisa azul) como um grande incentivador — Foto: Arquivo pessoal
Daniel Ottoni | @dottoni
24/09/20 - 08h25

A gravidade da Covid-19 mostra ser ainda maior quando acontece com pessoas próximas. A levantadora Macris, do Itambé Minas, tem convivido com uma delicada situação de um caso positivo dentro da sua família, que gerou sequelas e um desafio financeiro, que conta com uma 'vaquinha virtual' para ser solucionado.

Depois do seu tio, Antônio Belo, ficar internado por mais de 40 dias em um hospital de São Paulo, a conta do tratamento pegou todos de surpresa com o valor de R$ 600 mil. A alternativa da família da jogadora, que também faz parte da seleção brasileira, foi tentar buscar arrecadar o maior valor possível pela internet, contando com ajuda de todos os interessados. O valor pedido é de R$ 200 mil para custear parte da dívida. 

Clique aqui para fazer parte da campanha

Antônio Belo, aposentado de 60 anos, ficou em coma e precisou ser entubado antes de retornar para casa, convivendo com algumas sequelas, como uma grande feridas nas costas, além de ainda não poder andar. Ele conta com ajuda de uma cadeira de rodas para se locomover e precisa da presença de um cuidador além de fisioterapeuta para recuperar os movimentos perdidos.

"Pelo que o médico disse, o pior já passou. Ele ter sobrevivido foi um milagre, foram dias tensos e críticos. Ele está positivo e confiante por estar vivo e toda família está mobilizada. Foram muitos momentos de incerteza e foi um alívio quando recebemos a notícia de que ele sairia do coma e também quando recebeu alta", conta Macris. 

A jogadora tenta ver um lado positivo, com toda a situação acontecendo durante período sem jogos. "Eu tentaria me blindar para que não interferisse no meu desempenho, mas isso poderia sim me atrapalhar de alguma forma. A gente sempre foi muito próximo, ele acompanha minha carreira de perto desde quando eu era da categoria pré-mirim e foi um dos meus maiores incentivadores. Sempre percebi um grande orgulho dele por ter uma sobrinha que era atleta e esse apoio me ajudou a chegar até o profissional. Ele sempre me fez acreditar que seria possível", relata. 
 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000