Daniel Ottoni
@superfcoficial
01/08/19
10h09

3 a 1

México dá trabalho, mas Brasil vence na estreia do vôlei no Pan de Lima

Resultado deixa time nacional a uma vitória da semifinal; adversário desta quinta é o Chile, que surpreendeu EUA na abertura do grupo

Brasil teve falhas no terceiro set, que fizeram resultado ser definido somente na quarta parcial — Foto: Wander Roberto - COB
Daniel Ottoni | @superfcoficial
01/08/19 - 10h09

A estreia do vôlei masculino do Brasil nos Jogos Pan-Americanos, em Lima, no Peru, serviu para mostrar que, como acontece em várias modalidades, 'não existe mais bobo por aí'. Mesmo diante de um adversário sem grande expressão e tradição como o México, o time do técnico Marcelo Fronckowiak teve trabalho para vencer e começar sua caminhada com o pé direito. Boa parte das dificuldades criadas foram por culpa do time nacional, que não teve desempenho regular, ligando um sinal de alerta para o que está por vir. A tendência é de maiores dificuldades nos próximos dias. 

“Estou contente com a estreia. Foi muito importante começar com vitória. Havia um pouco de temor em relação a questão da ausência de ritmo, mas fomos muito bem nos dois primeiros sets. Perdemos na falta concentração e foco no terceiro, quando erramos muito e tivemos dificuldades no ataque, e no quarto set o time teve lucidez de voltar a fazer o que estava dando certo, melhorou no ataque e a entrada do Kadu ajudou também”, destaca o treinador, reconhecendo que muitas falhas poderiam ser evitadas.

No time brasileiro, cinco jogadores de times mineiros. Do Sada Cruzeiro, foram chamados o ponta Rodriguinho e o central Pingo. Do Fiat-Minas, estão o ponta Honorato, o oposto Roque e o central Pinta. Rodriguinho e Pinta entraram como titulares no jogo desta quarta-feira. Honorato e Roque entraram no decorrer do confronto, que teve o oposto Abouba como maior anotador, com 22 pontos. 

O triunfo veio por 3 a 1 (25/23, 25/19, 22/25 e 25/22 para colocar o Brasil na vice-liderança do grupo. O Chile, na abertura da chave, surpreendeu e venceu os Estados Unidos pelo mesmo placar, com parciais de 25/17, 25/17, 17/25 e 25/22. Por ter vencido com parciais mais dilatadas, os chilenos estão na primeira posição. 

Sequência. Nesta quinta-feira, às 22h30, o Brasil encara o Chile, com foco em melhorar seu rendimento. Quem vencer, encaminha sua classificação para as semifinais que acontecem no sábado. “Agora houve quebra do paradigma de nervosismo e ansiedade da estreia. O resultado é importante para a sequência, já com a possibilidade de jogar uma classificação na segunda partida”, projeta o treinador. Na sexta-feira, no mesmo horário, o adversário será os Estados Unidos, que chegam com uma equipe composta por jogadores universitários.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000