Daniel Ottoni
@dottoni
18/02/20
07h00

Na história

Sada Cruzeiro deixa seu nome marcado na carreira de elenco multicampeão

Jogadores enaltecem privilégio de fazer parte de um time que chega longe em todos os torneios que disputa, certo de que levarão o clube por muitos anos nas suas carreiras

Ambiente favorável impulsiona o elenco a buscar sempre um algo a mais — Foto: Agência I7
Daniel Ottoni | @dottoni
18/02/20 - 07h00

Os números resumem muito bem os feitos do Sada Cruzeiro e não deixam dúvidas de que estamos diante do maior time brasileiro de todos os tempos. Por mais que esta afirmação já fosse certa há algumas temporadas, os meses seguintes nos fazem ter a certeza de que as conquistas são um combustível de um elenco que não se cansa de se superar. Aquela 'acomodação natural' após uma conquista de dentro ou fora do Brasil não aparece para o Sada Cruzeiro, que chegou ao heptacampeonato do Sul-Americano no último sábado na primeira vez que o torneio continental aconteceu no ginásio do Riacho, em Contagem.

A sétima taça veio com triunfo sobre os argentinos do UPCN por 3 a 0. Até aqui, são 37 troféus em 44 finais de 50 campeonatos disputados. Mais que o título, a equipe garante vaga no Mundial de clubes, o maior torneio do planeta, pela nona vez consecutiva, algo que nenhum outro time brasileiro jamais se aproximou de fazer.

Por mais que os jogadores coloquem seus nomes na história do clube, a direção inversa também parece fazer muito sentido, com o clube retribuindo aos atletas com sua estrutura, a força da camisa, torcida e a forma como encara cada desafio. Quem está em sua primeira temporada, já percebe a força do time, que não demora para deixar marcado nos atletas uma história para poucos.

"É um privilégio fazer parte desta equipe e deste projeto. Cheguei no começo desta temporada e já fiz cinco finais por aqui, isso é algo bem especial. Agradeço pela confiança, todo dia acordo e durmo pensando em dar o meu melhor pelo Sada Cruzeiro", comenta o líbero Lukinha. Na atual temporada, o time já levou Campeonato Mineiro, Copa Brasil e Sul-Americano, tendo chegado, ainda, na final do Mundial e da Supercopa. 

O ambiente favorável e a falta de uma acomodação, certo de que a concorrência pela posição de titular é dura, impulsionam o elenco a buscar sempre algo a mais e fazer o diferente para tentar contribuir dentro de quadra nas partidas mais importantes que o time participa. "É o auge pra mim ver a equipe crescer desta forma em momentos decisivos. Nossa evolução profissional acompanha a do time, todas as partes crescem juntas. Quem vem pra cá, sabe da história do Sada

Cruzeiro, um time que cumpre com o que promete, consegue ser campeão de muitos torneios. Aqui é uma família, essa é a melhor expressão que podemos usar. Quem chega, é abraçado e quem sai, deixa o nome na história, perpetuando essa trajetória e levando o time consigo por muito tempo", avalia o oposto Luan, eleito o melhor jogador do Sul-Americano.

Sempre no alto

Chegar longe em todos os torneios que participa desperta, em muitos atletas, o desejo de também fazer parte de um projeto consolidado, que supera sua história com novas e seguidas conquistas. "É muito importante para um atleta estar em um time que vai brigar por tudo. Claro que a gente se diverte em quadra, mas também queremos ganhar. Jogar em um clube que tem essa busca constante por taças é algo lindo demais, gera uma motivação especial, todos trabalham duro para estar no lugar mais alto. Não é por acaso que conseguimos vencer taças e chegar em finais. Estamos fazendo uma temporada espetacular, o Sada faz por onde para representar o Brasil mundo afora, é um time que vai até o fim para vencer tudo que for possível", afirma o ponta Conte, que também terminou na seleção do campeonato continental.

Acostumado com decisões e em virar 'chaves' frequentes', a equipe terá um merecido descanso antes do último compromisso da temporada. Por mais que esteja faltando 'somente' a Superliga para a temporada acabar, o maior torneio do país promete ser duro nesta reta final de fase de classificação. O time celeste defende a liderança na próxima quinta-feira contra o Sesc (RJ), fora de casa, pela sétima rodada do returno da Superliga.


 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000