Daniel Ottoni
@dottoni
22/10/20
20h54

Superior

Super Vôlei: Minas passa pelo Vôlei Renata e já pensa na semi contra Taubaté

Equipe se recuperou do vice do Estadual e mostrou consistência para vencer o atual campeão paulista

Nico Lazo teve boa atuação para ajudar Minas na classificação — Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV
Daniel Ottoni | @dottoni
22/10/20 - 20h54

Depois de cair na final do Campeonato Mineiro masculino de vôlei para o rival Sada Cruzeiro, o Fiat Minas teve um desafio de porte parecido na estreia do Super Vôlei, nesta quinta-feira. Diante do Vôlei Renata (SP), embalado após o título paulista, muitas dificuldades eram previstas. Uma a uma, todas foram superadas com triunfo mineiro por 3 a 1 (25/14, 25/21, 20/25 e 25/18), resultado que coloca o time na semifinal desta sexta-feira, às 19h30, contra o EMS Taubaté Funvic (SP). 

Minas e Campinas têm, na temporada, a chance de chegar ainda mais longe da Superliga após corte no orçamento do Sesi (SP) e extinção do Sesc (RJ), dois adversários que se acostumaram a ser grandes barreiras. O time de BH teve o levantador William levando o troféu Viva Vôlei, tendo importante ajuda da sua linha de passe. 'El Mago' impulsionou outras boas atuação do elenco como do ponta argentino Nico Lazo, do central Pinta e do oposto Escobar. 

O Minas começou com tudo, ignorando o fato de ter pela frente um time que deve ser um concorrente direto na temporada. Com a defesa bem postada, tendo o bloqueio tocando nas bolas e o ataque funcionando muito bem, largas vantagens foram abertas como no 10 a 4, 13 a 6 e 17 a 7. Lazo comandava as ações, explorando bem o bloqueio adversário e sendo eficiente nos saques, situação que se repetiu durante todo o duelo. O Renata parecia estar de 'ressaca' após o título paulista, sem conseguir derrubar bolas e facilitando o trabalho dos donos da casa, que saíram na frente. 

No segundo set, o levantador William seguiu fazendo a diferença na distribuição. Colocando os centrais pra jogar com frequência, ele dificultou a marcação do bloqueio campineiro. O time paulista melhorou seu desempenho, errou menos e teve melhor aproveitamento no ataque. A melhora foi insuficiente diante de um adversário mais consistente e concentrado, que não perdia as chances de matar os pontos e abrir vantagens. A diferença no placar foi menor, mas não impediu o 2 a 0. 

O Campinas, sabendo que o terceiro set era de tudo ou nada, teve seu melhor momento na partida. Com boas marcações e conseguindo colocar as bolas no chão com mais frequência, foi a vez de começar a parcial na frente e manter a diferença. O Minas correu atrás mas de pouco adiantou, tendo trabalho para neutralizar o oposto Leandro Vissotto. 

O Minas assimilou as lições da parcial anterior para melhorar seu nível de concentração. O jogo seguiu equilibrado mas, agora, com os donos da casa na frente, forçando o adversário a buscar a reação. Os erros de Campinas deram pontos de graça para o Minas, que teve vantagem importante no 17 a 13, ficando perto da vitória. Bastou administrar as viradas de bola e não oscilar para garantir o triunfo e ficar a um passo da grande decisão. 

ESCALAÇÕES

William, Escobar, Pinta, Juninho, Honorato, Lazo e Maique. Entraram: Paulo, Gustavo, Jonatas. Técnico: Nery Tambeiro

Gonzalez, Vissotto, Barreto, Michel, Vaccari, Temponi e Bello. Entraram: Renan, Cristiano, Otávio, Angellus. Técnico: Horacio Dileo

Arbitragem: Guilherme Mendonça e Ivan Cardoso 
 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000