VIÇOSA

Jovem que tentou matar policiais durante blitz em MG é condenado a 14 anos de prisão

Ele ainda terá que pagar R$ 3 mil de indenização por danos morais para cada uma das vítimas

Por Juliana Siqueira
Publicado em 17 de maio de 2024 | 20:07
 
 
 

Um jovem de 23 anos foi condenado, nessa quinta-feira (16 de maio), a 14 anos de prisão por tentar atropelar cinco policiais, em Viçosa, na Zona da Mata, após perceber que seria abordado em uma blitz. Ele ainda terá que pagar R$ 3 mil de indenização por danos morais para cada uma das vítimas.

De acordo com informações do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em outubro de 2020, o homem dirigia um carro e acelerou em direção aos policiais quando notou que seria abordado na blitz. Os policiais conseguiram desviar do automóvel e não foram atingidos. 

Logo depois, foi iniciada uma perseguição ao veículo. Durante a fuga, o homem lançou pela janela uma arma de fogo com munição e 35 papelotes de cocaína. O jovem foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado tentado (por cinco vezes), tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Outros dois homens que estavam no veículo foram absolvidos por insuficiência de provas quanto à materialidade e a autoria.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!