Tráfico de drogas

Auditor exonerado por propina é detido com pés de maconha em Juiz de Fora

De acordo com delegado à frente da investigação, suspeito é advogado no Rio de Janeiro e teria relações com o tráfico de drogas no município mineiro

Por Lara Alves
Publicado em 22 de março de 2021 | 22:24
 
 
 
normal

Exonerado da Receita Estadual por recebimento de propina, um ex-auditor fiscal foi detido pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) à segunda-feira (22) por tráfico de drogas em Juiz de Fora, na região da Zona da Mata. Vinte e um pés de maconha foram recolhidos na residência do suspeito no bairro Jardim Glória, e agentes também apreenderam celulares e R$ 732.

O homem de 64 anos, segundo apontaram as investigações, era responsável por produzir e comercializar a droga no município. Ele foi levado à 1ª Delegacia Regional em Juiz de Fora, e será encaminhado para o sistema prisional.

De acordo com o delegado Rafael Gomes, titular na Delegacia de Combate ao Narcotráfico, o suspeito é também advogado no Rio de Janeiro e o endereço dele foi descoberto durante levantamento sobre a venda de maconha em Juiz de Fora.

“As apurações indicaram a residência desse suspeito, que é advogado no Rio de Janeiro e ex-auditor fiscal da Receita”. Segundo ele, o homem de 64 anos foi exonerado do cargo em 2004 por integrar um estratagema para recebimento de propina. O flagrante foi ratificado.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!