Saúde

Governo confirma mais uma morte por dengue em Minas Gerais

No levantamento ainda não constam, ao menos, 3 óbitos que foram confirmados pelas prefeituras de BH, Betim e Barbacena

Por Vitor Fórneas
Publicado em 05 de fevereiro de 2024 | 13:34
 
 
 

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) atualizou, nesta segunda-feira (5 de fevereiro), o painel de monitoramento dos casos de dengue no Estado. O número de mortes subiu para sete, com a inclusão de uma vítima em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

O painel do governo aponta que as mortes por dengue foram registradas em Arceburgo, Belo Horizonte, Lagoa Santa, Monte Belo, Ribeirão das Neves, Sarzedo e Sete Lagoas. No levantamento ainda não constam, ao menos, três mortes que recentemente foram confirmadas pelas prefeituras da capital mineira, Betim e Barbacena. 

A cidade com mais casos notificados de dengue é Belo Horizonte (10.651), seguido de Itabira (4.553), Betim (3.638), Ribeirão das Neves (3.256) e Contagem (3.026).

Minas Gerais está em situação de emergência devido ao aumento dos casos de dengue e chikungunya. A determinação, assinada pelo governador Romeu Zema (Novo), permite que o governo acelere os processos para a aquisição de insumos e materiais para o tratamento médico dos pacientes.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!