DIA De prevenção

Prefeitura de BH une diversão e prevenção no Dia D de vacinação contra a gripe

Atividade que vai até às 17h, no Parque Municipal Américo Renê Giannetti, oferece lazer para crianças e vacinação para grupos prioritários

Por Milena Geovana
Publicado em 13 de abril de 2024 | 16:14
 
 
 
normal

Ampliar o acesso à vacina e garantir a prevenção da população. Esse é o grande objetivo do Dia D da vacinação contra a gripe que está acontecendo neste sábado (13 de abril), até as 17h, no Parque Municipal Américo Renê Giannetti. Além da vacinação dos grupos prioritários (crianças, gestantes, puérperas e idosos com 60 anos, professores, dentre outros), o evento promove diversão para as famílias.

Foram oferecidas atividades para as crianças como a distribuição de tatuagens infantis, disponibilização de brinquedos infláveis, camas elásticas e jogos de mesa, como o totó. O evento também contou com a presença do Zé Gotinha, mascotes da Guarda Municipal e dos principais times da cidade. A população idosa também pode aproveitar aulas de Lian Gong, prática chinesa desenvolvida para prevenir e tratar dores no corpo, oferecida pela Secretaria Municipal de Saúde. 

O imunizante distribuído pela prefeitura na campanha é trivalente, ou seja, protege contra influenza A (H1N1 e H3N2) e o influenza B. Com a atividade, que se iniciou às 8h da manhã, a prefeitura tem a expectativa de reduzir o agravamento de casos, internações e óbitos pela infecção pelo vírus influenza, principalmente neste período de aumento de registro de doenças respiratórias na cidade. 

A localidade do Dia D e as atividades para as crianças chamaram a atenção da população. Foi assim para o professor André Couto, 44, que junto de sua esposa Mônica e sua filha Clarisse foram se vacinar e aproveitar o ambiente do parque. “Começou a campanha de divulgação, minha esposa me falou e prontamente, ontem, decidimos vir. É um lugar bonito, um lugar central, organizado. Existiram diferentes motivações, além da vacina, que é a principal. Mas acho que foi um conjunto importante que concluiu com a nossa vacinação e da nossa filha”. 

O professor, que adorou a iniciativa e disse que está aguardando a próxima campanha, também destacou a importância da vacinação não apenas para a saúde de sua família, mas de toda a população. “É importante manter o calendário de vacinação, cobrir a população, cobrir a nossa filha. É para a saúde pública. E é importante nós incentivarmos e fazer disso uma prática em comum na nossa família, na saúde da nossa filha e na nossa saúde também”. 

Com receber a dose do imunizante em Belo Horizonte?

Para as pessoas que não conseguiram a aproveitar o dia D da vacinação, a campanha contra a gripe segue na cidade. Para receber o imunizante basta encontrar, dentre os 152 centros, o mais próximo de sua casa. A lista com os endereços está disponível no site da PBH

No momento da vacinação é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF, e o cartão de vacina. Dentre os grupos prioritários também é importante um comprovante, seja função exercida, no caso dos profissionais, ou laudo médico que comprove a condição de saúde. Todos os detalhes da campanha estão disponíveis no site da Prefeitura de Belo Horizonte. 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!