Justiça do trabalho

Processos trabalhistas custaram R$ 94,5 bilhões para empresas de cinco estados

O valor equivale a mais de duas vezes o PIB de Sergipe e supera toda a riqueza gerada em outros oito estados


Publicado em 07 de maio de 2023 | 14:29
 
 
 

Processos trabalhistas custaram R$ 94,5 bilhões para empresas de cinco estados brasileiros. O valor equivale a mais de duas vezes o PIB de Sergipe e supera toda a riqueza gerada em outros oito estados.

É o que revela um estudo da Neoway, empresa de inteligência de dados, com base em informações dos sistemas de Justiça do país. Atualmente, cerca de 1 milhão de empresas brasileiras respondem a, pelo menos, um processo trabalhista.

São Paulo concentrou 64% das ações, e as custas processuais atingiram cerca de R$ 61 bilhões, quase o equivalente ao PIB de Alagoas.

Seguem na lista Rio de Janeiro (R$ 13,4 bilhões), Minas Gerais (R$ 9,5 bilhões), Rio Grande do Sul (R$ 5,4 bilhões) e Bahia (R$ 5,2 bilhões).

Apesar da liderança em valores, São Paulo fica atrás do Rio de Janeiro em número de processos, cerca de 4,7 milhões, no Rio, ante 345 mil. As causas mais comuns envolvem pedidos de indenização por danos morais, contestação do aviso prévio, e reclamações por adicional de hora extra.

Ainda segundo o estudo, empresas do varejo são as mais acionadas, concentrando 41% dos processos. (Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!