Alerta

Covid: cientistas pedem volta do uso de máscaras para conter variante ‘mutante’

Especialistas britânicos levantam a possibilidade de a nova variante causar novos surtos e pressionar os serviços de saúde

Por O Tempo
Publicado em 16 de agosto de 2023 | 20:09
 
 
 

Cientistas do Reino Unido chamaram atenção, nesta quarta-feira (16), para uma nova variante da Covid-19 que tem potencial para sofrer várias mutações. Eles pedem a volta do uso de máscaras para conter a infecção e não pressionar os serviços de saúde. A variante BA.6 foi detectada, até o momento, em dois países: Israel e Dinamarca.

Segundo publicação do jornal britânico Daily Mail, a preocupação dos especialistas está no número de mutações que a variante tem na proteína spike - justamente a parte do vírus que as vacinas foram projetadas para atingir. Eles acreditam que sejam mais de 30 mutações.

Os profissionais argumentam que a variante pode tornar os imunizantes menos eficazes se tiver evoluído para parecer diferente o suficiente de sua cepa ancestral, a Ômicron. Apesar disso, muitos acreditam que nenhuma nova cepa será tão ou mais potente a ponto de escapar da imunização conferida pelas vacinas feitas até o momento.

Os especialistas não deixam claro se a nova variante provoca sintomas diferentes daqueles já conhecidos na Covid-19.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!