mais um capítulo

Jovem que diz ser Madeleine tem resultado de teste de DNA surpreendente; entenda

Desde que reivindicou ser a britânica desaparecida em 2007, Julia Faustyna, de 21 anos, vem chamando muita atenção em todo o mundo

Por O Tempo
Publicado em 04 de abril de 2023 | 08:33
 
 
 
normal

O polêmico caso de uma jovem que afirma ser Madeleine McCann ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (4/4) após a divulgação do resultado de um teste de DNA. Em uma publicação no Instagram, a detetive particular e médium psíquica Fia Johansson revelou que Julia Faustyna, de 21 anos, que afirma ser a britânica desaparecida em 2007, quando passava férias com a família em Portugal, “é 100% de polonesa”.

Na postagem, Johansson, que é porta-voz de Faustyna, afirmou que “embora seja impossível dizer com certeza, uma vez que não se tem os resultados do DNA dos pais da jovem de 21 anos, os novos testes falam sobre as origens de Julia e não mostram nenhuma conexão do DNA dela com raízes britânicas ou mesmo alemãs.” 

Desde que reivindicou ser Madeleine McCann, a jovem polonesa vem chamando muita atenção em todo o mundo. Grande parte por causa da visibilidade que o caso da menina desaparecida têm por si só, mas também pela semelhança que as duas apresentam. Faustyna é uma das muitas mulheres que se assumiram ao longo dos anos alegando ser a menina britânica. 

Leia também: Pais de Madeleine McCann se manifestam após resultado do teste de DNA

A divulgação do resultado do DNA veio dias após a aparição de Julia no programa do Dr. Phill nos Estados Unidos. O apresentador enfaticamente a questionou sobre o que faria se descobrisse que realmente é filha de seus pais biológicos e ela respondeu: "Eu acredito que sou Madeleine McCann. Se ela é minha mãe, não quero ter contato com ela, só isso, mas acredito que ela não seja minha mãe".

Em fevereiro, a família de Julia – que até então mantinha silêncio sobre o caso – disse ser “óbvio” que ela não era Madeleine e alegou ter “implorado para ela parar”. Em um comunicado publicado em nome dos familiares pela organização polonesa de pessoas desaparecidas, Missing Years Ago, eles disseram: "A internet não vai esquecer, e é óbvio que Julia não é [Madeleine]". 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!