tempestade

Mortes causadas pelo furacão Doksuri nas Filipinas sobem para seis

Ventos fortes e chuvas fortes também atingiram as ilhas e as províncias do norte, provocando inundações e deslizamentos de terra

Por Agência
Publicado em 27 de julho de 2023 | 08:05
 
 
 

O balanço de mortos pela passagem do furacão Doksuri no norte das Filipinas subiu para seis pessoas, segundo dados oficiais divulgados nesta quinta-feira(27), enquanto a tempestade segue para o sudeste da China. O furacão atingiu a ilha principal de Luzon na quarta-feira, arrancando árvores, causando cortes de energia e forçando a evacuação de milhares de pessoas das áreas costeiras. 

Ventos fortes e chuvas fortes também atingiram as ilhas escassamente povoadas de Babuyan e as províncias do norte, provocando inundações e deslizamentos de terra. Uma mãe e seus três filhos morreram na manhã de quarta-feira quando um deslizamento de terra atingiu sua casa na província montanhosa de Benguet, disse à AFP Satur Payangdo, responsável local pela gestão de desastres.

Outros cinco moradores da casa foram resgatados. Isso eleva o número de mortos para seis pessoas, após a morte de uma mulher na queda de um coqueiro e um menino de 16 anos soterrado por um deslizamento de terra.  Doksuri foi classificado como um super furacão enquanto se movia pelo Oceano Pacífico na terça-feira, mas enfraqueceu ao se aproximar das Filipinas. 

Deve enfraquecer ainda mais em direção ao sudeste da China, onde deve atingir a costa na sexta-feira.  As chuvas intensas afetaram a vizinha ilha de Taiwan, onde uma mulher de 57 anos morreu ao ser surpreendida pela enchente de um rio, informou o centro de operações de emergência deste território. (AFP) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!