Ranking

Quem são as 10 pessoas mais ricas nos EUA? Veja lista da Forbes

Em meio a uma disputa judicial para anular a compra do Twitter por US$ 44 bilhões, o CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, lidera a lista das 400 pessoas mais ricas

Por Agências
Publicado em 27 de setembro de 2022 | 16:16
 
 
 

Em meio a uma disputa judicial para anular a compra do Twitter por US$ 44 bilhões, o CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, lidera a lista das 400 pessoas mais ricas nos Estados Unidos pela primeira vez. O ranking é elaborado pela revista Forbes.

Com fortuna avaliada em US$ 251 bilhões, Musk está US$ 60,5 bilhões mais rico que há um ano, graças a um aumento de 11% no preço das ações da fabricante de veículos elétricos e a uma nova rodada de financiamento que avaliou sua fabricante de foguetes em US$ 127 bilhões. O empresário agora tem US$ 100 bilhões a mais que Jeff Bezos, da Amazon, cuja fortuna caiu US$ 50 bilhões, a segunda maior queda na lista deste ano.

A divulgação ocorre depois de um ano em que as 400 pessoas mais ricas dos EUA foram atingidas pelo aumento da inflação. O grupo está US$ 500 bilhões mais pobre que há um ano, com patrimônio líquido total de US$ 4 trilhões, queda de 11% em relação a 2021.

O patrimônio líquido mínimo necessário para entrar na lista também caiu em US$ 200 milhões, para US$ 2,7 bilhões.

"É a primeira vez desde a Grande Recessão que os ultrarricos da América não são mais ricos do que no ano anterior. A Forbes calculou o patrimônio líquido usando os preços das ações a partir de 2 de setembro de 2022", informou a publicação norte-americana.

Nenhum outro grupo foi mais atingido do que os magnatas das big techs nos EUA, que perderam um total de US$ 315 bilhões, à medida que os preços de suas ações despencaram e o fluxo de capital de risco diminuiu.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, terceiro lugar no ano passado, saiu do top 10 pela primeira vez desde 2014. Ele está US$ 76,8 bilhões mais pobre do que há um ano, a maior perda de qualquer um na lista de 2022, segundo a Forbes.

"A investida de Zuckerberg no 'metaverso' não foi bem recebida, levando-o a prometer 'grandes atualizações' nos gráficos após críticas online. As ações caíram 57% desde a lista do ano passado, ajudando a tirar quase US$ 74 bilhões da fortuna de Zuck e tirando-o do top 10 pela primeira vez desde 2014", afirmou a Forbes.

O resultado está de acordo com o índice da Bloomberg, que na última semana apontou que O CEO do Facebook havia caído 14 posições na lista das pessoas mais ricas do mundo.

Em fevereiro, as ações da Meta caíram quase 23% depois que gastos inesperados em seu "metaverso" levaram a um declínio no lucro do quarto trimestre, além de uma perspectiva de receita abaixo do esperado, em meio à crescente rivalidade com o TikTok.

Em julho, a Meta relatou seu primeiro declínio trimestral na receita em relação ao ano anterior, depois de relatar seu primeiro declínio nos usuários diários do Facebook.

Quem são os 10 mais ricos dos EUA?

(Patrimônio líquido em bilhão de dólares)

  • Elon Musk (Tesla): 251,0
  • Jeff Bezos (Amazon): 151,0
  • Bill Gates (Microsoft): 106,0
  • Larry Ellison (Oracle): 101,0
  • Warren Buffett (Berkshire Hathaway): 97,0
  • Larry Page (Google): 93,0
  • Sergey Brin (Google): 89,0
  • Steve Ballmer (Microsoft): 83,0
  • Michael Bloomberg: 76,8
  • Jim Walton (Walmart): 57,9

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!