SONHO DO BI

Atlético terá clássico nacional em possível quartas de final da Libertadores

Com o empate do Grêmio contra o Estudiantes, o caminho do Atlético em possível quartas de final da Libertadores será contra o vencedor do duelo entre Fluminense e Grêmio 

Por Raíssa Oliveira
Publicado em 08 de junho de 2024 | 21:21 - Atualizado em 08 de junho de 2024 | 21:25
 
 
 

O caminho do sonho do bi da Libertadores do Atlético está livre da temida altitude de La Paz. O empate do Grêmio por 1 a 1 contra o Estudiantes tirou a chance do Galo enfrentar o The Strongest, da Bolívia, em possível quartas de final. Agora, caso vença o San Lorenzo e avance à fase seguinte, o alvinegro terá pela frente um clássico brasileiro, com o vencedor do duelo entre Fluminense e Grêmio. 

Em partida atrasada pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores, Grêmio e Estudiantes empataram em 1 a 1 neste sábado (8). O Grêmio abriu o placar com Cristaldo, mas levou o empate para os visitantes aos 37 minutos, com gol de Mauro Méndez. 

Com o resultado, o Grêmio chegou a 10 pontos, igualando o The Strongest, líder do grupo, mas não conseguiu ultrapassar a equipe boliviana no critério de desempate. Isso porque o o The Strongest tem 8 gols marcados, contra 7 do Grêmio. Em segundo lugar no Grupo C, o Grêmio enfrenta o Fluminense nas oitavas da Copa. Já o The Strongest, avançou em primeiro e pega o Peñarol. 

Com isso, o chaveamento do Galo até a semifinal está definido e é formado pelos times brasileiros Fluminense e Grêmio, os argentinos San Lorenzo (rival do alvinegro nas oitavas), River Plate e Talleres, o chileno Colo-Colo e o colombiano Junior Barranquilla. 

Altitude fora do caminho

Após a vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o Huachipato, na noite de terça-feira (4), o Galo tinha chances de enfrentar o The Strongest, da Bolívia, que podia terminar na segunda colocação do Grupo C da competição, caso o Grêmio vencesse a partida deste sábado.

O time boliviano era visto como “pesadelo” devido ao estádio Hernando Siles, em La Paz, onde o The Strongest manda seus jogos, está localizado a 3.637 metros, sendo o de maior altitude em uma capital de país.

Os efeitos da altitude, principalmente para atletas acostumados a atuar apenas ao nível do mar, como é o caso do Atlético, costumam ser muito fortes.

Várias equipes brasileiras já sofreram com a situação, tendo, inclusive, que fazer uso de cilindros de oxigênio para os atletas.

Não por acaso, a maioria das vitórias do The Strongest na Libertadores são em jogos como mandante.

Além da questão do ar rarefeito, os atletas dos times visitantes, em especial os goleiros, também costumam sofrer com o chamado 'peso da bola', que parece ficar mais 'leve' e ganhar ainda mais efeito nos chutes de longa distância.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!