Duda Gonçalves
@eduardacg_
02/08/21
18h26

Problema

Bloqueio de Série B? América segue com dificuldade para marcar gols

Coelho deixou escapar o título da Segunda Divisão no saldo de gols, problema presente agora na elite do futebol nacional

Ademir marcou seu primeiro gol no Brasileirão e seu tereiro gol nesta temporada — Foto: Marina Almeida / América
Duda Gonçalves | @eduardacg_
02/08/21 - 18h26

Na última temporada o América deixou escapar entre os dedos o título da Série B quando perdeu, nos critérios de desempate em saldo de gols, o primeiro lugar para a Chapecoense. A diferença era de um gol. Agora, na Série A, o Coelho segue com a dificuldade em marcar gols que poderiam mudar o cenário do time.

No último domingo, no empate diante do Atlético-GO em 1 a 1, o resultado poderia ter sido diferente, se o time tivesse aproveitado as chances claras de gol que teve na partida. Foram 16 finalizações, sendo cinco no gol e sete para fora, contra apenas sete do adversário. O técnico Vagner Mancini reconheceu as dificuldades do time em ser mais eficiente.

“Tivemos um volume de jogo maior, mas é necessário que nós tenhamos frieza para colocar essa bola para dentro. Porque assim como saímos na frente e tivemos a chance de fazer dois a zero, o Atlético-GO empatou o jogo e ficou muito difícil, e são oportunidades que não podemos desperdiçar de maneira alguma”, relatou.

O problema é recorrente. No jogo contra o Grêmio, o América também teve mais chances com 18 finalizações (sete no gol, sete para fora e quatro chutes travados), contra 12 do adversário. Mas ao menos 6 chutes pararam nas mãos do goleiro Gabriel Chapecó. O empate em 1 a 1 foi indigesto para Mancini, que esperava um resultado melhor. 

Balançar as redes poderia garantir, neste momento, uma tranquilidade maior. De acordo com o aplicativo de estatísticas de futebol Footstats, o Coelho é o 6° time que mais finaliza no Brasileirão, com 182 finalizações (68 certas e 114 erradas) em 14 jogos. Fica atrás de Flamengo, Fortaleza, Palmeiras, Santos e Bragantino, que brigam na primeira parte da tabela de classificação. Porém, comparado com o Palmeiras, por exemplo, tem 14 gols a menos. Com 11 gols marcados no Brasileirão e 182 finalizações, o América precisa, em média, de 17 finalizações para concluir em gol.

Quem pode ajudar?

Ribamar é o jogador que mais finaliza no time, com 22 finalizações, sendo dez certas e 12 erradas; o atacante está afastado desde 10 de julho, devido a um estiramento na coxa direita, sentido no jogo contra o Atlético. Com mais finalizações certas aparece o meia-atacante Felipe Azevedo, com 19 total, 11 certas e oito erradas. Azevedo esteve presente em todos os jogos com Vagner Mancini na temporada.

Outro jogador que figura como os que mais finalizam é o volante Juninho Valoura, autor de dois gols no Brasileirão e três assistências. O jogador possui 15 finalizações, sendo cinco certas e dez erradas. Na última partida contra o Dragão, por exemplo, foram duas finalizações, ambas erradas.

Por fim, uma das esperanças de Mancini no setor ofensivo é o atacante Ademir. O jogador retornou de lesão no jogo contra o Grêmio, e esteve em campo por 25 minutos. No último domingo (1°), marcou o gol do América no empate com o Dragão. O Fumacinha também aparece entre os jogadores que mais chutam a gol.

A próxima chance de o América balançar as redes com mais eficiência será no próximo domingo (8). O Alviverde enfrentará o Fluminense, na Arena Independência, pela déicma quinta rodada do Brasileirão.

Em baixa

O artilheiro do Coelho em 2020, Rodolfo, não vive boa fase. Mesmo liderando o quesito nesta temporada com 7 gols, o atacante ainda não balançou as redes pelo Brasileirão. São 85 dias sem gols, o maior jejum desde que chegou ao clube. A última vez que converteu um gol foi no jogo contra o Cruzeiro, em 9 de maio, pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, quando fez dois gols de pênalti.

Neste ano, Rodolfo atuou em 30 jogos, e foi titular com Mancini em cinco jogos, mas perdeu a titularidade para Ribamar, e agora para Fabrício Daniel. Retornando de lesão, foi acionado no jogo contra o Atlético-GO, mas sem muito destaque.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000