Josias Pereira
@josiaspereira
24/10/21
07h00

Observações do treinador

Marquinhos Santos exalta história de Rodolfo no América e mira próximo desafio

Coelho deu mais um passo em objetivo de vaga na Copa Sul-Americana e agora terá duelo com o perigoso Fortaleza, no Independência

América sai fortalecido da Vila Belmiro com grande vitória sobre o Santos — Foto: Luiz Martini / América
Josias Pereira | @josiaspereira
24/10/21 - 07h00

A única mudança significativa proposta por Marquinhos Santos para a partida entre América e Santos, realizada nesse último sábado (23), na Vila Belmiro, pela 28ª rodada do Brasileirão, e vencida pelo Coelho por 2 a 0, foi a entrada de Rodolfo ao invés de Fabrício no ataque. O comandante explicou após a partida o porquê da utilização do camisa 9, destacando o histórico de Rodolfo pelo time alviverde e a história construída. Marquinhos Santos ainda destacou a movimentação do atacante, essencial para abrir espaços na linha de frente, inclusivo no lance do pênalti de Jean Mota em Ademir. 

"O Rodolfo é um atleta que tem história vencedora no América já construída. E entendi que, pela característica do Santos, se fazia necessário este atleta estar presente inicialmente entre os 11. Ele é um atleta que já entregou muito e ainda entrega pelo América. Ele foi muito importante taticamente em sua movimentação, em sua leitura de jogo para infiltração do Juninho, para infiltração do Azevedo, para infiltração de Ademir, para que pudéssemos ter esse jogo de profundidade, de controle, atacando o espaço a todo momento", explicou Marquinhos Santos.

"A movimentação dele taticamente nos entregou essa possibilidade o qual originou o primeiro gol nosso, no pênalti, em uma jogada de profundidade do lançamento do Cavichioli, no qual ele puxa a marcação e o Ademir ataca o espaço nas costas da linha e o pênalti acabou sendo marcado. Isso aconteceu muito em função da movimentação que o Rodolfo executou", completou o novo treinador americano. 

Avaliações pensando no Fortaleza 

Na nona posição do Brasileiro, com 35 pontos conquistados, o América volta a campo no próximo sábado (30), às 21h, quando encara o Fortaleza, no Independência. Um jogo importante para a sequência do América, que já mira voos ainda maiores no Brasileirão da Série A, como a classificação para uma competição internacional na próxima temporada. A Copa Sul-Americana é a possibilidade mais acessível no momento, mas os desdobramentos da temporada podem conduzir o Coelhão até mesmo a uma Copa Libertadores. 

Pensando neste confronto contra o Fortaleza, Marquinhos foi questionado sobre um aparente desgaste de Ademir na segunda etapa contra o Santos. Ele relatou a mesma situação com o zagueiro Ricardo Silva, mas acredita que os dois não serão problemas para mais uma decisão no caminho do Coelhão. 

"O Ricardo Silva também sentiu, mas pelo desgaste, pela entrega, dedicação e o comprometimento que esses guerreiros, esses atletas entregam pelo América. Isso paga-se o preço. Sabíamos que era a estreia de um novo treinador, em que os atletas se doam um pouco mais, se entregam um pouco mais, e esse já é o natural, o perfil desse grupo de atletas. Não preocupa o Ademir. Na hora que ele sentiu, nós o posicionamos, deixamos ele mais posicionado para que não corresse o risco de ter uma lesão. Eu acredito que tenha sido um desgaste, não só ele como o Ricardo Silva. Mas acredito que ambos os jogadores estejam em condições para a próxima partida", encerrou Marquinhos Santos. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000