Giovanna Pires
@giovannapiresm
18/09/21
21h06

Ninguém segura!

Com gols de Diego Costa, Hulk e Vargas, Galo bate o Sport no Mineirão

O Galo chega a 45 pontos no Brasileirão e amplia a vantagem na liderança para os outros postulantes ao título

Hulk, que anunciou neste sábado (18), que sua esposa está grávida, marcou um dos gols do jogo — Foto: Divulgação/Mineirão
Giovanna Pires | @giovannapiresm
18/09/21 - 21h06

Em noite de estreia do atacante Diego Costa na equipe titular, o Atlético venceu o Sport por 3 a 0 com gols do estreante, de Hulk e Eduardo Vargas. A partida deste sábado (18), no Mineirão, foi válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Galo ampliou a vantagem na liderança, que só não é maior para o vice Palmeiras, porque a equipe paulista também venceu na rodada.

O Galo chegou a 45 pontos e segue com sete a mais do que o Palmeiras, que bateu a Chapecoense por 2 a 0, fora de casa. O Flamengo, que ainda entra em campo no domingo - e que tem três jogos de rodadas anteriores para cumprir -, está com 34 pontos na terceira colocação. 

Dono da segunda melhor defesa do Brasileirão - só perde para o próprio Atlético -, já era de se esperar que o Sport não deixaria barato para o Galo, mas o time de Recife, que tem o pior ataque do campeonato, foi para cima nos primeiros minutos de jogo. Mesmo com menos posse de bola, o Sport acabou finalizando mais nos primeiros 20 minutos. O Galo ainda estava um pouco perdido com Hulk e Diego Costa “sobrando” na frente.

O jogo começou a mudar aos 22 minutos ainda do primeiro tempo. Em uma jogada individual pelo lado direito de Hulk, que chegou na linha de fundo com força e velocidade, o Galo quase abriu o placar, mas a bola foi para fora. Depois dessa oportunidade, outras chances foram criadas pelo Alvinegro, que passou a pressionar. 

Uma dessas oportunidades foi com Diego Costa, em sua estreia na equipe titular, depois de três jogos participando saindo do banco de reservas. Aos 25 minutos, o centroavante atleticano estava posicionado dentro da área durante cobrança de falta, cabeceou a bola no tempo certo, mas finalizou para fora. Diego Costa, porém, não desistiu de marcar seu segundo gol pelo Atlético na carreira. 

Super ligado no jogo, o atacante conseguiu balançar as redes nove minutos depois. Também de cabeça - assim como na primeira tentativa -, Diego Costa abriu o placar para o Atlético diante do Sport, após cruzamento de Guilherme Arana. O gol do centroavante foi o 200ª do Galo no “novo” Mineirão. 

Mesmo depois de abrir o placar, o Atlético não parou. Já nos acréscimos, Hulk também deixou o dele no primeiro tempo. Depois do passe errado de Hayner, Arana estava ligado e ficou com a posse. Mais uma vez, o lateral-esquerdo atleticano participou do gol dando passe para Hulk, que driblou todo mundo na área e chutou de perna esquerda para ampliar o placar. 

No segundo tempo, o Sport até tentou repetir o que fez no início da primeira etapa, sendo mais ofensivo e não dando espaço para o Galo, mas não conseguiu. Aos 36 minutos, o Sport balançou as redes com Thiago Neves, que entrou no segundo tempo, porém André, que também saiu do banco de reservas e deu o passe, estava em posição de impedimento.

Na tentativa de ser mais ofensivo, o técnico Gustavo Florentín ficou, inclusive, com quatro atacantes em campo, além do meia-atacante Thiago Neves, mas nem com tantas peças na frente, o Sport conseguiu diminuir o placar neste sábado, no Mineirão. 

No último lance da partida, o Atlético quase amplicou o placar com Eduardo Vargas, mas Rafael Thyere desviou a bola com as mãos. O árbitro de vídeo entrou em ação, revisou o lance por cerca de três minutos e deu pênalti para o Atlético. Vargas foi para a cobrança e marcou o terceiro do jogo, em um golaço. 

Atlético: Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô); Allan (Nathan), Tchê Tchê e Zaracho; Keno (Nacho Fernández), Diego Costa (Eduardo Sasha) e Hulk (Eduardo Vargas).

Sport: Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão Silva (Leandro Barcia), Hernanes (Ronaldo Henrique) e Everton Felipe (Thiago Neves); Paulinho Moccelin, Tréllez (André) e Micael (Everaldo). 
Cartões amarelos: Allan (Atlético) e Tréllez e Paulo Moccelin (Sport) 

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000