Isabelly Morais
@otempo
28/09/20
16h13

Em baixa

Fora dos últimos três jogos do Galo, Marquinhos revela conselhos de Keno

Meia-atacante não participou das partidas contra Bragantino, Atlético-GO e Grêmio

Marquinhos marcou um gol pelo Galo em 2020, contra o Tombense, na primeira fase do Mineiro — Foto: Divulgação/Atlético
Isabelly Morais | @otempo
28/09/20 - 16h13

O meia-atacante Marquinhos ficou de fora dos últimos três jogos do Atlético. O jogador sequer viajou para enfrentar o Atlético-GO e permaneceu no banco de reservas contra Red Bull Bragantino e Grêmio. Depois de uma boa sequência com o técnico Jorge Sampaoli, Marquinhos viu se desenhar um cenário de poucas oportunidades.

Em paralelo a isso, o atacante Keno, com quem Marquinhos disputa posição pelo lado esquerdo, vem de dois hat-tricks seguidos. O experiente jogador comandou as vitórias do Galo sobre Atlético-GO e Grêmio e lidera a artilharia do time no Campeonato Brasileiro. 

"Fico feliz pelo momento do Keno, meu parceiro. Ele vem me dando muitos conselhos, é muito experiente. Sei que a disputa é acirrada. O lado onde gosto de jogar e prefiro é o esquerdo, onde prefiro. Se jogar ou não, vou seguir trabalhando focado, minha cabeça está tranquila", disse Marquinhos. 

Com o argentino

Desde que Sampaoli chegou ao Atlético, Marquinhos entrou em campo 15 vezes, sendo quatro como titular e em 11 oportunidades saindo do banco de reservas. Ao todo, na temporada, tem 25 jogos e um gol marcado. O meia-atacante tem 20 anos e subiu ao profissional do Galo no ano passado.

"Continuo trabalhando focado. Sou novo. Espero seguir ajudando o Atlético e deixar tudo dentro de campo", comentou Marquinhos. O único gol do atleta no ano foi contra o Tombense, ainda na primeira fase do Mineiro, quando o Atlético era comandado por Rafael Dudamel.

Marquinhos é um dos jogadores mais jovens dentre as peças ofensivas de Sampaoli. O elenco conta com Diego Tardelli (35 anos), que está machucado, Keno (31 anos), Eduardo Sasha (28 anos), Savarino (23 anos), Marrony (21 anos) e Sávio (16 anos), além de Marquinhos.

"O Sampaoli trata todos da mesma forma, independente da idade. É um treinador muito experiente. Ele tenta passar confiança para os jovens e tem conversado comigo. Sou muito novo, posso virar um grande jogador, mas para isso preciso trabalhar muito ainda", completou.

 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000