Fernando Martins y Miguel
@martinsymiguel
21/09/21
23h22

Taça Libertadores

Galo perde pênalti, empata com Palmeiras e agora tem que vencer no Mineirão

Atlético jogou melhor do que o adversário, na casa do rival, e viu Hulk mandar a grande chance do time na trave

Fernando Martins y Miguel | @martinsymiguel
21/09/21 - 23h22

O Atlético foi melhor, teve a grande chance do jogo, mas não saiu com a vantagem do Allianz Parque, em São Paulo, no duelo de ida das semifinais da Copa Libertadores, na noite desta terça-feira (21), diante do Palmeiras. O atacante Hulk desperdiçou um pênalti que poderia deixar o Galo a um empate da grande decisão. Mas as estratégias foram claras e deverão se repetir no Mineirão, no duelo de volta, na próxima terça-feira, às 21h30, com a presença de público. 

Vitória por qualquer placar no duelo de volta garante Galo ou Porco na grande decisão do torneio. Em caso de nova igualdade em 0 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Porém, em caso de empate com gols, o time paulista é quem passa.

O Atlético se mostrou superior ao adversário, mas não conseguiu furar o bloqueio palmeirense, que se defendeu bem e esperava dar o bote certeiro, que não veio pelo excesso de erros de passes da equipe do técnico Abel Ferreira. O Galo poderia ter aberto o placar no primeiro tempo. Em um jogo truncado, estudado por dois técnicos estrategistas, uma chance como a que o time alvinegro teve não se pode desperdiçar. E foi justamente o grande destaque do time que não aproveitou. Pênalti de Gustavo Gómez sobre Diego Costa. Hulk desloca Weverton, mas a bola explode no pé da trave, já no final da primeira etapa.

No segundo tempo, o panorama do jogo  não alterou. O Atlético seguiu controlando o jogo, e o Palmeiras se fechando bem e apostando em contragolpes, sem sucesso. O goleiro atleticano Everson pouco ou quase nada trabalhou durante toda a partida no estádio palmeirense

 

Palmeiras 0 x 0 Atlético

Motivo: jogo de ida das semifinais da Taça Libertadores 2021

Local: Allianz Park, em São Paulo (SP)

Cartões amarelos:  Zaracho (A); Zé Rafael (P)

Palmeiras

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Piquerez; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael (Patrick de Paula), Dudu (Wesley) e Raphael Veiga; Luiz Adriano (Deyverson) e Rony (Gabriel Verón). Técnico: Abel Ferreira

Atlético

Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Jair, Zaracho (Vargas) e Nacho (Nathan); Hulk (Sasha) e Diego Costa (Keno). Técnico: Cuca

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000