Giovanna Pires
@giovannapiresm
30/01/21
07h30

Bom aproveitamento

Galo recebe o Fortaleza, que está no Z-4, para seguir boa campanha em casa

O Galo é o melhor mandante do Brasileirão e encara o Fortaleza, neste domingo (31) para seguir sonho de título

No primeiro turno, Sasha marcou na derrota por 2 a 1 para o Fortaleza — Foto: Pedro Souza/Atlético
Giovanna Pires | @giovannapiresm
30/01/21 - 07h30

Para seguir respirando na briga pelo título do Brasileirão, o Atlético tem um confronto importante e, na teoria, fácil, neste domingo, às 17h, no Mineirão. O adversário da vez é o Fortaleza, time comandado por Enderson Moreira, que está no Z-4, na luta para não ser rebaixado. Em casa, o Galo tem a melhor campanha da competição, só perdeu uma vez, mas pode encontrar dificuldades para bater o Tricolor cearense. 

Se considerar apenas os jogos disputados em casa, neste Campeonato Brasileiro, o Galo estaria na liderança, com 39 pontos. A campanha do Atlético como mandante é quase impecável, com apenas uma derrota. Foram três empates e 12 vitórias no Mineirão. A única derrota foi contra o Athletico-PR, em novembro, quando o elenco estava desfalcado por causa do surto de Covid-19.

Na tabela real da competição, o Galo está em quarto lugar, dentro da classificação direta para a Copa Libertadores. O Atlético tem 57 pontos e está atrás do São Paulo, que tem 58, Flamengo também com 58 e do líder isolado Internacional, com 62 pontos. Caso Tricolor e Rubro-negro não vençam (derrota ou empate) e o Galo vença o Fortaleza, a equipe mineira salta para a vice-liderança. O Galo também pode ir para a segunda colocação empatando, se as duas equipes perderem. 

Apesar do grande favoritismo do Internacional, a briga pelo título está acirrada com sete equipes brigando, matematicamente, pela taça. De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, o Colorado tem 71% de chances de título. O Flamengo, segundo favorito, tem 11,9%, o Atlético 11% e o São Paulo, que foi o principal postulante por muitas rodadas, 5,8%. Palmeiras, Fluminense e Grêmio têm menos de 1%.

São Paulo e Flamengo enfrentam, nesta rodada, times que estão na parte de baixo da tabela. O Tricolor visita, no domingo, às 16h, o Atlético-GO, que já está praticamente livre do rebaixamento, na 13ª colocação. O Flamengo também joga fora de casa contra o Sport, na segunda-feira, às 20h. O Sport está em 15ª lugar, ainda com chances de cair para a Série B.

Só que para conseguir chegar a vice-liderança o Atlético precisa, além de um tropeço dos adversários, vencer o Fortaleza. A equipe está na zona de rebaixamento e ganhou apenas um dos últimos cinco jogos. No sábado (23), o Galo enfrentou o Vasco em uma situação parecida e perdeu por 3 a 2. Para o lateral-direito Guga, não tem jogo fácil na reta final. 

“Não vai ter mais time fácil para se enfrentar, porque todo mundo está lutando por um objetivo dentro do campeonato e acaba sendo mais difícil. Tanto quem está lá embaixo quanto está lá em cima, vai todo mundo dar o máximo para somar pontos. Então, a gente sabe que não dá para entrar em nenhum jogo achando que vai ser fácil, a gente tem que entrar como se fosse uma final realmente, porque para nós cada jogo pode se tornar uma final, né?”, afirmou o lateral.

Desfalques 

Para o jogo contra o Fortaleza, o técnico Jorge Sampaoli tem um desfalque importantíssimo do atacante Keno, artilheiro do Galo na temporada. O jogador teve uma luxação e rompeu ligamentos do cotovelo esquerdo na partida contra o Santos, na rodada anterior, e desfalca a equipe por tempo indeterminado. Para a vaga do artilheiro, Sampaoli tem algumas opções, mas a mais provável é usar Sasha mais uma vez como titular, formando o trio de ataque com Savarino, que marcou dois gols no último jogo, e Eduardo Vargas, que não vem fazendo boas partidas e começou a última no banco de reservas. 

Além de Keno, o meia Matías Zaracho deve ser desfalque. O jogador se recuperou de um estiramento muscular na coxa esquerda, voltou a treinar com bola, mas ainda não é certo entre os relacionados. O atacante Diego Tardelli voltou a treinar com bola em dezembro, depois de se recuperar de uma lesão grave no tornozelo. O jogador, segundo Sampaoli, só deve voltar a ser relacionado em fevereiro.

Provável Atlético: Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Nathan e Hyoran; Savarino, Sasha e Eduardo Vargas.

No Fortaleza, além do técnico Enderson Moreira, que está de fora, porque está com Covid-19, o zagueiro Paulão e o volante Juninho estão suspensos e o goleiro Max Walef segue se recuperando da cirurgia no joelho. Bruno Melo e Romarinho são dúvidas. 

Provável Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Juan Quintero, Jackson e Carlinhos; Felipe e Ronald; João Paulo (Mariano Vázquez), David e Osvaldo; Wellington Paulista.

FICHA TÉCNICA 

ATLÉTICO x FORTALEZA

Motivo: 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Data: domingo, 31 de janeiro de 2021

Horário: 17h

Local: Mineirão

Transmissão: Premiere e Rádio Super 91,7 FM

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) (CBF)

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (RS) (CBF)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS) (CBF)

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000