DA REDAÇÃO
@superfcoficial
24/11/20
18h22

'Goleada alvinegra'

Justiça extingue ação contra o Galo, e Bolt terá que pagar R$ 3 milhões ao clube

Jogador cobrava mais de R$ 20 milhões do Atlético, mas sofreu derrota que está sendo muito comemorada na sede de Lourdes

DA REDAÇÃO | @superfcoficial
24/11/20 - 18h22
O vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido, anunciou na tarde desta terça-feira (24) que o clube teve uma vitória importante na ação que o atacante Maicon Bolt movia contra o clube alvinegro. Além de ter sido extinta a ação do jogador, que cobrava mais de R$ 22 milhões do Galo, o atleta foi condenado a pagar R$ 3 milhões ao Atlético além das custas processuais.

"Caso BOLT: vitória espetacular do ATLÉTICO; Tribunal R. do Trabalho decidiu há alguns minutos dar ganho de causa ao ATLÉTICO p extinguir ação q o ex-jogador do clube cobrava mais de 22 milhões do Clube. O jogador foi condenado a pagar 15% de honorários", publicou Lásaro em seu Twitter.

Em agosto, o Atlético havia sido condenado a pagar R$ 14.203.514,76 ao atacante Maicon Bolt, mas o clube recorreu e nesta terça-feira saiu a decisão final da disputa.

A principal alegação de Maicon Bolt era sobre o tempo de contrato que, segundo os representantes do atleta, o vínculo entre ele e o Atlético iria até dezembro de 2021.

Os valores são referentes a salário de janeiro, direitos de imagem entre novembro de 2019 e janeiro de 2020, além de FGTS, 13º salário proporcional, luvas, premiações, rescisão do contrato, multas e indenização. Bolt foi dispensado em fevereiro de 2020.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000