Giovanna Pires
@giovannapiresm
10/06/21
16h28

Pé no chão

Réver reconhece superioridade do Galo contra o Remo, mas afirma: ‘nada definido’

O Galo recebe o Remo nesta quinta (10), no Mineirão, pela Copa do Brasil, depois de vencer fora de casa por 2 a 0

Giovanna Pires | @giovannapiresm
10/06/21 - 16h28

O Atlético vai a campo nesta quinta-feira (10) para enfrentar o Remo, pela Copa do Brasil. A partida, às 19h, no Mineirão, tem o Galo como favorito, principalmente pela vantagem de dois gols construída na vitória na última semana em Belém. Apesar disso, o Leão Azulino quer fazer história e se classificar às oitavas de final da competição. 

Para avançar para a próxima fase, o Remo precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis. Mesmo sabendo da vantagem atleticana, o elenco do Galo prefere manter os pés no chão, como comentou o zagueiro Réver, que deve ser titular mais uma vez na equipe. 

“A gente construiu um resultado muito importante fora de casa, mas a gente tem todo respeito a equipe do Remo, até porque não chegou até essa fase a toa. Tem seus méritos, então, vai ter respeito. Vamos tentar liquidar a partida amanhã, de acordo com o que o jogo pede, mas sabemos também que se a gente entrar achando que será algo fácil, vamos dar margem para a equipe crescer e buscar a classificação, mesmo fora de casa. Então a gente tem que entrar firme, assim como entramos no primeiro jogo", comentou.

Para essa partida, o Galo segue não podendo contar com Junior Alonso, Alan Franco, Eduardo Vargas e Savarino. Os jogadores estavam com suas seleções disputando as eliminatórias para a Copa do Mundo 2022 e agora seguem para a disputa da Copa América. Guga e Guilherme Arana, que estavam representando a seleção brasileira olímpica em dois amistosos na Sérvia, já retornaram a Belo Horizonte, mas, por conta da longa viagem, não devem ser opções. 

Foram dois jogos com esse grande número de desfalques - além do atacante Keno, que se recuperou de lesão e pode aparecer nesta noite, pelo menos no banco -  e o Galo venceu as duas partidas. O zagueiro atleticano dá os créditos a força do elenco. 

“O Atlético, hoje, mostra e faz valer a pena o investimento que foi feito, as contratações que foram feitas. Prova disso foi que o Atlético abriu mão de mudar as datas dos seus jogos, coisa que outras equipes que tanto se falam que tem o elenco forte, mas na hora de colocar isso em prova acaba ficando com um certo receio. E isso não houve aqui no Atlético. E isso demonstra o poder do elenco”, disse.

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000