Da redação
@otempo
27/09/20
16h31

Críticas

Vice do Galo vê 'vexame' do Flamengo e exige 'punição severa' ao clube carioca

Lásaro Cândido da Cunha se pronunciou em suas redes sociais sobre o caso envolvendo a quase suspensão da partida entre o Rubro-Negro e o Palmeiras

O Flamengo tentou o adiamento do jogo com o Palmeiras por um surto de coronavírus em seu elenco — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Da redação | @otempo
27/09/20 - 16h31

A bola vai rolar para Flamengo e Palmeiras, na tarde deste domingo (27), mas o jogo quase não aconteceu em decorrência do surto de coronavírus no elenco rubro-negro. Pelo menos 16 jogadores da equipe carioca estão com Covid-19, e o clube tentou o adiamento do jogo, o que não aconteceu. Pelas redes sociais, o vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, fez duras críticas ao Flamengo.

"Mais um vexame do Flamengo contra o futebol brasileiro. Exigimos punição severa do clube pela utilização da Justiça Comum, ao arrepio dos regulamentos desportivos básicos", postou Lásaro.

 

Entenda as reviravoltas

O Flamengo não entrou na Justiça comum, mas quase se beneficiou de uma decisão dela. O clube tentou a suspensão do duelo junto à CBF, sem sucesso. Com isso, o Sindiclubes, que representa funcionários de clubes do Rio de Janeiro, entrou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) e conseguiu uma liminar para a suspensão do duelo.

A CBF recorreu ao TRT, sem êxito. Com isso, a entidade recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho e conseguiu uma liminar para a realização do jogo. A entidade defende que os clubes aceitaram o protocolo para a realização do campeonato e que o Flamengo pode inscrever mais atletas para a realização da partida. O STJD também negou pedido do Rubro-Negro, defendendo que o jogo aconteça.

"Outrossim, tendo em vista que participarão do jogo em comento apenas os atletas negativados para COVID-19, defiro a liminar requerida para que seja determinada a cassação da tutela de urgência que suspendeu a reslização da partida de futebol profissional designada para o dia 27/09/2020 entre o Clube de Regatas do Flamengo e a Sociedade Esportiva Palmeiras, em São Paulo", informou o TST, em documento assinado por Vieira de Mello Filho, Ministro Vice-Presidente do TST.

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000