Josias Pereira
@josiaspereira
10/08/20
07h30

Centenário

Cem vezes Moreno: Camisa 9 do Cruzeiro atinge marca, mas ainda busca emplacar

Experiência do jogador é inegável, resta agora confirmar a expectativa que o torcedor aguarda em relação ao seu desempenho

Marcelo Moreno completou 100 jogos com a camisa celeste, mas segue sem marcar em volta — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @josiaspereira
10/08/20 - 07h30

Na partida contra o Botafogo-SP, o atacante boliviano Marcelo Moreno acabou passando em branco mais uma vez, estendendo a sequência de partidas sem marcar desde que ele retornou ao Cruzeiro. Porém, o jogo foi especial para o atleta, que completou exatamente 100 jogos com a camisa celeste. Uma história que se divide em três passagens, com 45 gols marcados e três títulos (Mineiros de 2008 e 2014; e o Brasileirão de 2014). 

A jornada se iniciou em 2007, com a oportunidade dada por Dorival Júnior. De lá para cá, o atacante rodou o mundo, mas seguiu bastante idenitificado com o Cruzeiro e seu torcedor.  

“Muito importante fazer 100 jogos pelo Cruzeiro, fico lembrando os momentos que passei aqui, dentro desse time que gosto muito e vivi tantas situações, tantas emoções que eu consegui conviver com o torcedor, com meus companheiros, e tenho certeza que valeu a pena. Valeu a pena esses 100 jogos. Pretendo continuar, pretendo fazer mais, tentando ajudar esse time que sempre abriu as portas para mim, e tomara que consigamos as vitórias que colocarmos em nossos caminhos. Que a gente continue triunfando nessa Série B, que nós queremos ganhar, queremos subir, e hoje a gente deu um passo muito importante e tomara que a gente continue assim”, declarou Moreno, celebrando também o triunfo sobre o Botafogo-SP por 2 a 1, no último sábado, pela primeira rodada da Série B. 

Apesar da importância de Moreno, o jogador ainda busca se ajustar dentro do esquema de Enderson Moreira para conseguir ir às redes e se tornar uma presença mais efetiva no setor. O jovem Thiago, seu reserva imediato, vem sendo uma opção bastante interessante e sempre tem conseguido oportunidades vindo do banco de reservas. Além disso, ele já marcou três gols. Moreno, por sua vez, marcou seu último gol pelo Cruzeiro em 2014, encerrando a vitoriosa campanha do tetracampeonato brasileiro com um voleio, na vitória sobre o Fluminense por 2 a 1, no Mineirão. 

A experiência do jogador é inegável, resta agora confirmar a expectativa que o torcedor aguarda em uma temporada bastante decisiva para o Cruzeiro. A vitória sobre o Botafogo-SP foi conquistada a duras penas, mas foi extremamente importante para diminuir os pontos da penalização aplicada pela Fifa à Raposa. Moreno também analisou o grupo que vem sendo montado. Aos poucos, o time vai ganhando uma identidade.  

“Temos que nos acostumar com as vitórias, porque é isso que vai fazer com que cada jogador tenha mais confiança, se sinta valorizado dentro do time, entrando um pouco, jogando de titular. Esse é um grupo que, aos poucos, está se conhecendo, tem muita gente que está chegando que é nova, está conhecendo o que é o Cruzeiro. Então isso (vitória) traz confiança, tomara que a gente continue assim, porque nesse início de campeonato a gente vai precisar de vitórias”, avaliou o boliviano. 

Marcelo Moreno

- 45 gols pelo Cruzeiro em 100 partidas (média de 0,45)
- Dois Campeonatos Mineiros (2008 e 2014); Brasileirão (2014)
- 2º maior artilheiro estrangeiro da história
- Terceira passagem pela Raposa
- 19 gols para ser o maior artilheiro do novo Mineirão
- 96 jogos para ser o estrangeiro que mais jogou pelo Cruzeiro
- 6 gols para ser o maior artilheiro estrangeiro

ESTÁDIO ONDE MAIS MARCOU

12 gols no velho Mineirão
12 gols no novo Mineirão
24 gols no Gigante da Pampulha no acumulado

A ESTREIA

Cruzeiro 0 x 3 Corinthians - segunda rodada Brasileiro 2007
Entrou no lugar de Léo Silva
Dorival Júnior foi o técnico responsável por promover a estreia do boliviano

O PRIMEIRO GOL

Cruzeiro 4 x 2 Fluminense - 20ª rodada Brasileiro 2007
Mineirão - 19/8/2007
Tento que fechou o placar aos 45 min do 2º tempo
Gol de cabeça

O PRIMEIRO JOGO COMO TITULAR

Foi justamente contra o Corinthians, time contra o qual estreou.
Corinthians 0 x 3 Cruzeiro - 25/8/2007 - Pacaembu
Não marcou nesse confronto

O PRIMEIRO CLÁSSICO

Atletico 3 x 4 Cruzeiro - 16/09/2007 - Mineirão - 26ª rodada do Brasileiro
Não marcou nesse duelo

O PRIMEIRO TÍTULO

Campeão Mineiro 2008
Fez dois gols nas finais contra o rival Atlético. No jogo da volta, fez o tento que sacramentou o título no Mineirão

AS MAIORES VÍTIMAS

3 gols no Atlético
3 gols no Fluminense
3 gols no Santa Rita

GOLEIRO QUE MAIS SOFREU GOLS DE MORENO

3 gols em Diego Cavalieri (2 sobre Palmeiras e 1 sobre o Fluminense)

COMO MARCELO MORENO MARCOU

19 gols de pé direito
15 gols de cabeça
10 gols de pé esquerdo
1 gol de peito
Dos 45 gols de Moreno, cinco foram de pênalti

RAIO-X DOS GOLS 

Cruzeiro - 2007 - 6 gols 

- Cruzeiro 4 x 2 Fluminense - Brasileiro - Mineirão - 19/8 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Ricardo Berna)

- Paraná 2 x 2 Cruzeiro - Brasileiro - Durival de Brito - Curitiba (PR) - 29/8 - 1 gol - de pé direito - cavadinha sobre o goleiro (tento sobre o arqueiro Flávio) 

- Cruzeiro 5 x 0 Palmeiras - Brasileiro - Mineirão - 2/9 - 2 gols - de pé direito - encobrindo o goleiro; o segundo de pé esquerdo (dois tentos sobre o arqueiro Diego Cavalieri) 

- Cruzeiro 2 x 0 Grêmio - Brasileiro - Mineirão - 8/9 - 2 gols - de cabeça; o segundo de pé esquerdo de fora da área (dois tentos sobre o arqueiro Saja) 

Cruzeiro 2008 - 15 gols 

- Cruzeiro 3 x 1 Cerro Porteño - Libertadores - Mineirão - 30/1 - 1 gol - de pé esquerdo (tento sobre o arqueiro Diego Barreto) 

- Cerro Porteño 2 x 3 Cruzeiro - Libertadores - Defensores del Chaco - Assunção (Paraguai) - 6/2 - 1 gol - de pênalti - de pé direito (tento sobre o arqueiro Diego Barreto) 

- Cruzeiro 3 x 0 Real Potosí - Libertadores - Mineirão - 13/2 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Hugo Suárez) 

- Cruzeiro 3 x 2 Villa Nova - Mineiro - Mineirão - 24/2 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Glaysson) 

- Cruzeiro 3 x 0 Caracas - Libertadores - Mineirão - 4/3 - 1 gol - de pé esquerdo  (tento sobre o arqueiro Vicente Rosales) 

- Caracas 1 x 1 Cruzeiro - Libertadores - Olímpico - Caracas (Venezuela) - 18/3 - 1 gol - de pênalti - canto direito do goleiro (o segundo na mesma direção) - (tento sobre o arqueiro Vicente Rosales) 

- Democrata-GV 1 x 2 Cruzeiro - Mineiro - Mammoud Abbas (GV) - 22/3 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Vilar) 

- Cruzeiro 3 x 1 San Lorenzo - Libertadores - Ipatingão - 3/4 - 2 gols - de pé esquerdo; de cabeça (tentos sobre o arqueiro Orión) 

- Tupi 1 x 2 Cruzeiro - Mineiro - Mário Helênio (JF) - 6/4 - 1 gol - de pé esquerdo (tento sobre o arqueiro Marcelo Cruz) 

- Ituiutaba 4 x 4 Cruzeiro - Mineiro - Mineirão - 12/4 - 1 gol - de pênalti / de pé direito / canto esquerdo baixo do goleiro (tento sobre o arqueiro Daniel) 

- Real Potosí 5 x 1 Cruzeiro - Libertadores - Victor Agustin - Potosí (Bolívia) - 16/04 - 1 gol - de pênalti / de pé direito / canto esquerdo do goleiro (tento sobre o arqueiro Hugo Suárez) 

- Atlético 0 x 5 Cruzeiro - Mineiro - Mineirão - 27/4 - 1 gol - de barriga / após estouro da zaga, a bola voltou no corpo do boliviano (tento sobre o arqueiro Juninho) 

- Cruzeiro 1 x 0 Atlético - Mineiro - Mineirão - 4/5 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Juninho e que deu o título estadual à Raposa) 

- Vitória 0 x 2 Cruzeiro - Brasileiro - Barradão (Salvador) - 10/5 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Ney) 


Cruzeiro 2014 - 24 gols 

- Cruzeiro 3 x 1 Villa Nova - Mineiro - Mineirão - 5/2 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Bráz) 

- Boa Esporte 1 x 3 Cruzeiro - Mineiro - Dilzon Melo (Varginha) - 22/2 - 2 gols - de esquerda após limpar o goleiro; de esquerda (tentos sobre o arqueiro Emerson) 

- Cruzeiro 2 x 1 Tupi - Mineiro - Mineirão - 8/3 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Jordan) 

- Bahia 1 x 2 Cruzeiro - Brasileiro - Fonte Nova - 20/4 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Marcelo Lomba) 

- Atlético-PR 2 x 3 Cruzeiro - Brasileiro - Mané Garrincha - 3/5 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Weverton) 

- Atlético 2 x 1 Cruzeiro - Brasileiro - Independência - 11/5 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Victor) 

- Cruzeiro 2 x 0 Sport - Brasileiro - Mineirão - 21/5 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Magrão) 

- Internacional 1 x 3 Cruzeiro - Brasileiro - Centenário (Caxias do Sul) - 25/5 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Dida) 

- Cruzeiro 5 x 3 América-MEX - Amistoso - Cotton Bowl - Dallas (EUA) - 27/5 - 1 gol - de pé esquerdo (tento sobre o arqueiro Muñoz) 

- Cruzeiro 3 x 0 Santos - Brasileiro - Mineirão - 17/8 - 1 gol - de cabeça (tento sobre o arqueiro Aranha) 

- Goiás 0 x 1 Cruzeiro - Brasileiro - Serra Dourada - 24/8 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Renan) 

- Cruzeiro 5 x 0 Santa Rita-AL - Copa do Brasil - Mineirão - 27/8 - 2 gols - de cabeça; de pé direito (tentos sobre o arqueiro Jeferson) 

- Cruzeiro 4 x 2 Chapecoense - Brasileiro - Mineirão - 30/8 - 2 gols - de cabeça; de cabeça (tentos sobre o arqueiro Danilo) 

- Santa Rita-AL 1 x 2 Cruzeiro - Copa do Brasil - estádio Coroacy da Mata Fonseca - Arapiraca (Alagoas) - 3/9 - 1 gol de pé direito (tento sobre o arqueiro Jeferson) 

- Fluminense 3 x 3 Cruzeiro - Brasileiro - Maracanã - 7/9 - 1 gol - de pé direito (semivoleio) - (tento sobre o arqueiro Kléver) 

- Cruzeiro 2 x 0 Atlético-PR - Brasileiro - Mineirão - 17/9 - 1 gol - de pé direito de fora da área - (tento sobre o arqueiro Weverton) 

- Coritiba 1 x 2 Cruzeiro - Brasileiro - Couto Pereira (Curitiba) 24/9 - 1 gol - de pé direito batendo pênalti (tento sobre o arqueiro Vanderlei) 

- Cruzeiro 2 x 1 Internacional - Brasileiro - Mineirão - 4/10 - 1 gol - de pé esquerdo (tento sobre o arqueiro Dida) 

- Santos 3 x 3 Cruzeiro - Copa do Brasil - Vila Belmiro (Santos) 5/11 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Aranha) 

- Cruzeiro 3 x 1 Criciúma - Brasileirão - Mineirão - 9/11 - 1 gol - de pé direito (tento sobre o arqueiro Bruno) 

- Cruzeiro 2 x 1 Fluminense - Brasileirão - Mineirão - 7/12 - 1 gol - de pé direito no voleio (tento sobre o arqueiro Diego Cavalieri) 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000