Thiago Fernandes
@OTEMPO
14/10/21
05h00

Liderança

Cruzeiro: Luxemburgo segurou greve do elenco por uma semana

Treinador convenceu jogadores a esperarem por paralisação antes da vitória por 3 a 0 sobre o Coritiba. Grupo se rebelou após empate com o Botafogo

Vanderlei Luxemburgo convenceu elenco a adiar greve de treinamentos na semana passada — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Thiago Fernandes | @OTEMPO
14/10/21 - 05h00

Vanderlei Luxemburgo segurou a greve do elenco do Cruzeiro por uma semana. Na última sexta-feira (8), os jogadores se reuniram com o treinador antes da partida contra o Coritiba e informaram que iniciariam uma paralisação dos treinos sob a alegação de que os salários estão atrasados na Toca da Raposa II.

O treinador conversou com o grupo momentos antes de entrar em campo no Couto Pereira e pediu que os atletas se contivessem, sem fazer alardes sobre uma possível paralisação. A solicitação do comandante foi acatada pelo grupo, que decidiu adiar a situação.

A ideia era iniciar a greve de treinamentos antes do jogo com o Botafogo, na noite da última terça-feira (12), na Arena Independência. No entanto, a equipe ainda nutria esperança de voltar à elite do futebol nacional. Diante do resultado, que deixa o time cada vez mais distante de um acesso à Série A, os atletas comunicaram ao comandante que iniciariam a paralisação a partir desta quinta-feira (14). O aviso aconteceu ainda no vestiário do estádio.

Com chances remotas de acesso, o grupo informou à diretoria que iniciará uma greve na atividade desta quinta-feira, inicialmente marcada para as 16h (de Brasília). A insatisfação é graças ao atraso salarial. O clube deve até seis meses aos seus jogadores e colaboradores, incluindo Toca da Raposa I e Toca da Raposa II.

A paralisação dos atletas inclui as divisões de base. Jogadores do sub-20 também aderiram ao movimento de greve nos treinos do Cruzeiro, conforme adiantado pelo Super.FC na tarde dessa quarta-feira (13).

Em meio à crise nos bastidores do clube, o presidente Sérgio Santos Rodrigues foi a Portugal para ministrar uma palestra sobre gestões modernas no futebol. O dirigente, inclusive, minimizou as críticas por sua presença no exterior.

"É um desafio também estar nesse momento do Cruzeiro, não falta quem critique sempre. Tem gente que fala: 'o Cruzeiro está na 10ª posição [11ª posição na verdade], e o presidente está em Portugal'. Como se isso fosse a pior das coisas e por isso que o Cruzeiro está na 10ª posição. Críticas a isso também não faltaram. É mais um desafio a gente poder estar aqui", disse na tarde dessa quarta-feira.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000