Josias Pereira
@josiaspereira
04/03/21
18h34

Em dívida

'Cruzeiro não pagou taxa de vitrine de Kayzer', diz presidente do Atlético-GO

Na temporada passada, Adson Batista não perdoou a Raposa por comportamento em relação à transferência do atacante para o Athletico Paranaense

No ano passado, Adson Batista teceu críticas ao Cruzeiro e ironizou nota oficial da Raposa sobre Kayzer — Foto: Atlético Goianiense / Site Oficial
Josias Pereira | @josiaspereira
04/03/21 - 18h34

Em contato com o Super.FC, o presidente do Atlético-GO, Adson Batista, comentou a relação com o Cruzeiro após o imbróglio entre os times envolvendo a transferência do atacante Renato Kayzer ao Athletico Paranaense no ano passado. O jogador vinha sendo o grande nome do Dragão na temporada, mas o Cruzeiro, buscando negociações para abastaecer o deficitário caixa, encontrou em Kayzer uma oportunidade de venda e a executou. 

Adson Batista destacou ao Super.FC. no entanto, que o Cruzeiro ainda deve a taxa de vitrine de Kayzer.

"Naquela ocasião realmente foi muito desgastante. Muitas coisas foram ditas e entendemos que fomos prejudicados. Inclusive, o Cruzeiro ainda não efetuou o pagamento da taxa de vitrine. Mas conseguimos superar isso. O Cruzeiro é um grande clube do futebol brasileiro e é um importante parceiro", disse Adson. 

"Esperamos receber essa taxa de vitrine, mas creio que essa situação que tivemos foi superada", acrescentou o presidente do clube goiano, sem revelar os valores do débito. 

À época, o Cruzeiro chegou a soltar uma nota oficial lamentando o comportamento do Dragão quanto à liberação do atleta. O time estrelado informou que notificou o time goiano, que se recusou a liberar o atacante, não deixando outra alternativa à Raposa se não ingressar na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) para conseguir a liberação liminar de Renato Kayzer.

"Eu vou chorar, o Cruzeiro tem moral para falar alguma coisa de alguém?", indagou Adson Batista, presidente do Atlético-GO, em setembro do ano passado. 

"O Cruzeiro não tem moral para falar coisa errada de ninguém não. O tanto de coisas erradas que eles fazem. Eu não fiz nada errado. Eu defendi o Atlético-GO. Respeito a entidade Cruzeiro, eu respeito muito, sempre tivemos uma boa relação com o Cruzeiro, com o Benecy (Queiroz) que é uma pessoa muito séria, que está lá há 200 anos. Mas infelizmente eles não agiram corretamente", completou Adson na ocasião.

A proposta do Athletico Paranaense para fechar com Renato Kayzer na ordem de R$ 5 milhões. 

 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000