Josias Pereira
@superfcoficial
16/08/19
18h34

Aquele algo a mais

Saindo da zona de conforto: Ceni traz mudanças na dinâmica do Cruzeiro

Grande expectativa é saber qual será a primeira escalação do técnico e que mudanças de filosofia ele pretende trazer ao elenco

Novo treinador do Cruzeiro já vem implementando sua filosofia de trabalho no grupo celeste — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @superfcoficial
16/08/19 - 18h34

Rogério Ceni foi apresentado oficialmente pelo Cruzeiro na última terça-feira. Desde então, o técnico vem destacando que pretende trazer mudanças no time, priorizando um time mais intenso e ofensivo, algo que diferencia o trabalho de Rogério do estilo de jogo praticado por Mano Menezes. A grande expectativa é saber qual será a primeira escalação de Ceni e que mudanças de filosofia ele pretende trazer ao elenco.

O zagueiro Dedé comentou que essa imprevisibilidade quanto ao elenco titular está fazendo com que o grupo também saía da zona de conforto e todos busquem maneiras de se empenhar para assegurar uma 'vaguinha' no time. 

"A entrega eu acho que nunca faltou para nós, jogadores, mas creio que a chegada de um novo treinador, de uma nova filosofia, é também uma nova oportunidade. É uma semana diferente de trabalho, a gente está ali treinando até sem saber quem vai começar, quem não vai. Isso mexe com o jogador para trabalhar um pouco mais, ter o seu espaço. Foi uma semana muito forte em termos de atividades importantes, e a gente está bem satisfeito com a situação de trabalho, de crescimento, de rendimento. Ainda temos muito o que fazer e, se Deus quiser, tudo que foi passado será feito da melhor forma no domingo", apontou Dedé. 

Outro ponto citado por Dedé foi da diferença entre os treinamentos de Rogério Ceni e Mano Menezes. Um ponto destacado por Dedé foi a proximidade do ex-jogador com os atletas, o que comprova que internamente o grupo aceitou mutio bem a mudança de comando, avalisando o trabalho de Ceni. 

"Acho que mudança de treinamento gera um desgaste um pouco maior do que se estava fazendo. A gente tem que pensar mais, você tem que atacar as coisas. Quando você tem um trabalho contínuo, como era o que tínhamos aqui há três anos, você sabia um pouco do que era passado. É bom que a gente aprende bastante, eu sou um cara muito curioso, muito interessado para aprender do futebol. Apesar da minha idade, eu já aprendi com vários treinador bastante coisas que eu uso no campo e, graças a Deus, vem dando certo. Ele (Rogério) está sendo tão ativo, tão próximo da gente dentro de campo porque ele quer passar um método diferente do que fazíamos. Por isso que é importante estar do lado do jogador. Eu já fui chamado mais de três vezes atenção por detalhes que ele quer que eu faça e eu não percebia que estava fazendo. É assim que a gente cresce e melhora", opinou Dedé. 

O Cruzeiro enfrenta o Santos no domingo, às 16h, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe praiana é a líder do torneio nacional, com 32 pontos, mas vem de derrota para o São Paulo por 3 a 2. O Cruzeiro, por sua vez, é o 17º, com 11 pontos, e na última rodada empatou com o lanterna Avaí por 2 a 2, em Florianópolis. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000