José Luiz Júnior
@jluiz_junior
01/08/21
01h58

Que jogo

Em duelo de cinco sets, Brasil vence a França e se garante na próxima fase

Foram quase três horas de jogo; Lucarelli e Wallace comandam o triunfo brasileiro

José Luiz Júnior | @jluiz_junior
01/08/21 - 01h58

 

Foi um jogo de muita disputa, com direto a set com mais de 50 minutos. Brasil e França fizeram um dos duelos mais equilibrados dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após quase três horas, o time brasileiro levou a melhor, vencendo a partida por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 37/39, 25/17, 21/25 e 20/18.

O oposto Wallace, de volta ao Sada Cruzeiro, ditou o ritmo do ataque brasileiro, com 23 pontos. Além dele, o mineiro Lucarelli marcou 21 pontos e Leal anotou 20 tentos para o Brasil.

Com a vitória, o Brasil assumiu a liderança do grupo B, com 10 pontos. A Rússia está em segundo, com 9, e joga na madrugada deste domingo (1). Na pior das hipóteses, os brasileiros ficam em segundo lugar do grupo, em caso de vitória russa diante dos já eliminados da Tunísia. Em terceiro do grupo estão os franceses, com oito pontos ganhos. Os Estados Unidos e a Argentina estão na briga pela quarta posição. As duas seleções se enfrentam na manhã deste domingo. Quem vencer, garante a quarta vaga do grupo.

O levantador Bruninho disse que jogos como o de hoje servem para dar confiança ao time. 

"Passar por momentos como esses, na fase classificatória, é bom. Dá confiança ao grupo. Estamos em crescimento. Estou otimista e orgulhoso do nosso time, que luta o tempo inteiro".

O jogo
O Brasil iniciou com um ritmo de jogo bem diferente dos outros três jogos. Entrou mais ligado, com os fundamentos que antes não estavam entrando bem, virando bolas de forma eficiente. Os brasileiros estiveram sempre à frente no placar. Bruninho distribuiu bem as bolas e, por isso, o ataque foi fulminante: 25/22.

No segundo set, o destaque do time francês, Earvin Ngapeth entrou na partida e a França conseguiu equiparar, chegou a ficar à frente do placar pela primeira vez na partida, mas o Brasil seguiu encostando. O set foi muito disputado e as equipes enfrentaram dificuldades para abrir dois pontos de diferença. Depois de 11 set points e 51 minutos de disputa, a França empatou o jogo, com a parcial mais longa da história olímpica: 39 a 37.

No terceiro set, o Brasil retomou o ritmo do jogo e não deu chances para a França. Desde o início, o time brasileiro jogou com boa vantagem (11/7). Lucarelli, Wallace e Lucão comandaram o ataque, que passou fácil pelo bloqueio e virou boas bolas para fazer 2 a 1: 25/17.

No quarto set, Brasil começou melhor e chegou abrir vantagem nos instantes iniciais (8/5). Porém, o franceses não se entregaram, foram ao ataque e passaram à frente (18/15). Na reta final, o time adversário foi mais consistente no ataque e marcou o ataque brasileiro, que teve dificuldades para virar bolas. Assim, a França empatou e levou a disputa para o tie-break: 25/21.

No set de desempate, o Brasil chegou a abrir 4 a 0 e deixou a vitória encaminhada. Porém, os franceses, como em todo jogo, não se entregaram. Apesar da vantagem inicial, a França empatou no fim, após erro no ataque de Maurício Souza e passou à frente após largadinha de Earvin Ngapath (13/12). Na raça, os brasileiros voltaram ao jogo e conseguiram superar os franceses em 20/18.

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000