Daniel Ottoni
@dottoni
03/12/21
19h28

Três pontos em casa

Itambé Minas vence Brasília e começa contagem regressiva pro Mundial

Sem oscilar e mostrando uma atuação consistente e regular, as donas da casa não deram muitas chances para um time com outras pretensões no campeonato

Daniel Ottoni | @dottoni
03/12/21 - 19h28

O Itambé Minas foi bem no primeiro dos dois passos que faltam antes de se concentrar no Mundial de clubes de vôlei feminino. Nesta sexta-feira, pela 11ª rodada da Superliga feminina, o time de BH venceu o Brasília (DF) por 3 a 0 (25/16, 25/16 e 25/21) para ficar a três pontos do líder Dentil Praia Clube. 

Sem oscilar e mostrando uma atuação consistente e regular, as donas da casa não deram muitas chances para um time com outras pretensões no campeonato. O último jogo antes do embarque para Ancara, na Turquia, sede do Mundial, acontece na segunda-feira, às 20h, contra o Sesi Bauru (SP). 

O Brasília não conseguiu dar o trabalho que devia para o Minas, principalmente no saque. A boa notícia do time visitante foi a presença da ponta Ana Caroline, que entrou bem após substituir Natália no primeiro set.

O passe minastenista esteve preciso para facilitar a vida da levantadora Macris. As 'chinas' com as centrais funcionaram bem, assim como as bolas com Cuttino, que teve bom desempenho ofensivo. A norte-americana foi eleita a melhor jogadora em quadra e saiu com o troféu Viva Vôlei. 

Outro destaque do Minas foi no bloqueio, montando seguidos paredões para testar a capacidade e paciência do ataque brasiliense. Um 8 a 0 logo no começo do jogo fez o técnico Rogério Portela pedir os dois tempos a que tinha direito. Seu time até melhorou, mas a distância aberta pelo Minas era demais para ser revertida. 

No segundo set, o Brasília seguiu com muita dificuldade na virada de bola, ao contrário das adversárias, que tiveram grande diferença neste fundamento para seguir mandando no jogo. Restou ao Brasília correr atrás do prejuízo, sabendo que a virada seria novamente improvável. 

O Brasília teve um dos melhores momentos no jogo no começo do terceiro set, trocando pontos e ficando na frente do placar. Mas não demorou para os erros voltarem a aparecer, dando bolas de graça para as donas da casa, que agradeceram. Novamente com vantagem, o Minas administrou o duelo para confirmar o 3 a 0, não sem antes passar por um susto com reação adversária, que quase comprometeu o triunfo em sets diretos. 

Escalações:

Minas: Macris, Cuttino, Thaisa, Gattaz, Daroit, Neriman e Leia. Entraram: Luiza Vicente, Kisy, Pri Heldes. Técnico: Nicola Negro

Brasília: Ana Cristina, Arianne, Aline, Edna, Natália, Paquiardi e Ju Paes. Entraram: Vitória, Ana Caroline, Sara, Mayara. Técnico: Rogério Portela
 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000