Daniel Ottoni
@supernoticiafm
19/09/19
12h49

Série prata

Sada Ampara começa caminhada no Brasileiro de vôlei sentado

Equipe busca acesso à principal divisão do torneio; visita foi feita ao time do Sada Cruzeiro na última segunda-feira

Visita trouxe novo ânimo para os jogadores do time que tem patrocínio da Sada Transportes — Foto: Divulgação - Sada Cruzeiro
Daniel Ottoni | @supernoticiafm
19/09/19 - 12h49

A presença dos atletas do Sada Ampara, time de vôlei sentado que tem apoio da Sada Transportes, no treino do Sada Cruzeiro, foi um combustível a mais para o grupo que disputa, a partir desta quinta-feira, a série prata do Campeonato Brasileiro da modalidade. Na última segunda-feira, eles estiveram no CT do Barro Preto para contato direto com os jogadores do maior time brasileiro de todos os tempos.

A equipe de vôlei sentado será a única representante de Minas Gerais na competição, que acontecerá no Centro Paralímpico Brasileiro em São Paulo. A estreia será às 17h30 contra os paulistas do BMQ. Também participam do torneio o AAPDP (Peruíbe-SP), Athlon (São José dos Campos-SP) e o Instituto Reagir (Pinhais-PR). O torneio acontece em formato de pontos corridos e quem somar mais pontos se classifica para a primeira divisão na próxima temporada. 

“É muito bacana este contato com eles, trocar esta energia bacana. Espero que a gente dê sorte aos jogadores, que façam o seu melhor e tenham um bom campeonato”, afirmou o capitão Filipe.

Os atletas da equipe paralímpica aprovaram a visita e esperam corresponder as expectativas de conseguir a vaga. “Foi excelente, conhecer a estrutura, ver eles treinando, e isso é muito bom pra gente. Isso dá uma motivação grande pra nós. Eu jogava vôlei convencional há muitos anos, e depois que perdi a perna, em um acidente de moto, voltei a jogar. O amor pelo voleibol é muito grande e este grupo é muito importante pra mim”, comenta Rubledo Cássio.

Com apoio da Sada, o time ganhou suporte para melhorar sua estrutura, que pode ter um novo resultado dentro de quadra. 

“O mais difícil é se manter na série A, por isso é tão importante este apoio. Antes era muito difícil, não tínhamos muita estrutura. Já teve época em que treinei sozinho na quadra por um tempo. Este patrocínio da Sada ajuda muito o projeto e somos muito agradecidos. Eu acompanho muito o time, vou sempre ao Riacho ver os jogos, converso com os atletas e todos nos apoiam muito. A equipe do Sada Cruzeiro serve de inspiração pra nós”, conta Daniel Amaro.

Daniel, que também perdeu uma das pernas em acidente de moto, sabe das condições do time de superar as adversidades. “Quando eu era criança, jogava vôlei na rua e gostava muito. Eu sempre me igualei a todos, não é porque sou deficiente que sou diferente. Mas tem pessoas que se trancam no próprio mundo das dificuldades. E elas são impostas pela própria pessoa, que acham que não conseguem fazer alguma coisa. Se você está vivo, está sujeito a dificuldades, então se conseguir fazer com que sua cabeça pense que você pode, não tem limites”, completa. 

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000