Rodrigo Rodrigues
@otempo
19/04/21
20h37

É campeão!

Superliga B: JF Vôlei bate o Brasília e confirma campanha impecável com o título

Time da Zona da Mata chegou à decisão no ginásio do Riacho invicto e, após deixar time do DF empatar o duelo, garantiu a taça ao fazer 3 sets a 2

Jogadores do JF festejam o título nacional — Foto: Douglas Magno/Divulgação/JF Vôlei
Rodrigo Rodrigues | @otempo
19/04/21 - 20h37

O objetivo do JF Vôlei na temporada já havia sido alcançado, com o acesso à divisão de elite. Restava coroar a campanha invicta na competição. E foi isso que ocorreu na noite desta segunda-feira (19), no ginásio do Riacho, em Contagem. O time da Zona da Mata passou pelo Upis Brasília e sagrou-se campeão da Superliga B ao vencer por 3 sets a 2 (25/13, 25/21, 18/25, 23/25 e 15/13).

O time comandado por Marcos Nascimento teve aproveitamento impecável no torneio. Levou a melhor nos sete duelos da fase classificatória, tendo vencido 21 sets e perdido apenas cinco. Nas quartas de final, passou pelo Niterói com dois triunfos. Na fase seguinte, eliminou o Unimed Aero, novamente com duas vitórias. Na final, em duelo único contra a equipe do Distrito Federal, garantiu o troféu. Ao todo, 12 vitórias em 12 jogos. 

O Troféu Viva Vôlei ficou com o central Bruno do time de Juiz de Fora, eleito o melhor da noite.

O JF começou o jogo de forma arrasadora, sem dar qualquer chance ao Brasília. Dominou a parcial, provocou os erros do adversário e fechou com facilidade, por 25/13, com destaque para o ponteiro Mateus Celestino.

No segundo, o time mineiro deixou o ritmo cair um pouco, mas o Brasília ainda não havia entrado na partida. Se não repetiu o desempenho do set anterior, jogou o suficiente para fazer 25/21.

A terceira parcial mudou completamente o panorama do duelo. O JF parece ter relaxado, e o Brasília se acertou, principalmente no forte saque. Quando tentou correr atrás já era tarde e os visitantes aplicaram um 25/18.

O quarto foi mais equilibrado, com as equipes se mantendo próximas no placar, com ligeira vantagem para o Brasília, que se manteve até o 25/23. No tie-break, a igualdade entre os times foi mantida, com a parcial sendo disputada ponto a ponto. O JF abriu pequena vantagem, mas falhou na hora de decidir, deixando o duelo em 14 a 13. Mas, no ataque de Tiago Marques, fechou o confronto em 15/13.

Apesar do revés no ginásio do Riacho, o Brasília também já havia se garantido na próxima Superliga 2021/2022.

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000