Revoltante

Idoso que estuprava crianças com promessa de Wi-Fi é preso: 'Gosto de novinhas'

Polícia Civil iniciou a investigação após denúncias do Conselho Tutelar e de diretora de escola

Por Vitor Fórneas
Publicado em 23 de abril de 2024 | 18:13
 
 
 
normal

Um idoso de 73 anos foi preso preventivamente por estuprar três crianças, com idades entre 4 e 12, na zona rural de Itacarambi, no Norte de Minas Gerais, nesta terça-feira (23 de abril). Com a ajuda de uma adolescente, ele atraía as vítimas até a casa dele com a promessa de dar doces, alimentos e deixá-las usar Wi-Fi. Celulares e outros equipamentos eletrônicos foram apreendidos pela Polícia Civil.

O Conselho Tutelar denunciou o idoso, em março deste ano, alegando que o morador da comunidade de Remanso estava violentando sexualmente crianças. Depois disso, a diretora de uma das escolas das vítimas notou mudança no comportamento da menina e procurou os órgãos de segurança.

De acordo com a Polícia Civil, o idoso usava uma adolescente para atrair as vítimas até a casa dele com promessas de dar doces, alimentos, e permitir que elas fizessem uso da internet. Com isso, ele convencia as vítimas a manter relações sexuais.

Segundo apurado, a adolescente se beneficiava do idoso com presentes e recarga de celular. Em contrapartida, ela convidava as crianças para frequentar a casa do investigado.

Ao todo, três vítimas foram identificadas e confirmaram os abusos. São crianças que vivem em vulnerabilidade e eram atraídas pelo que o investigado oferecia a elas.

‘Gosto de novinhas’

Segundo o delegado William Araújo, a investigação permitiu reunir elementos subjetivos e objetivos de provas que comprovam a autoria e o crime praticado pelo idoso. 

“Além das provas testemunhais e elementos técnicos coletados, a Polícia Civil também teve acesso a áudios onde o suspeito relata que gosta de ‘novinhas’ e que pagaria com dinheiro, alimentos, além de outros objetos para saciar sua lascívia e manter relações com elas”, explicou. No procedimento instaurado, a conduta da adolescente também é investigada por ato infracional.

O idoso foi preso na casa dele e, após os trabalhos de polícia judiciária, encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com PCMG

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!