16 anos do crime

Irmã de Madeleine McCann quebra o silêncio e fala sobre o desaparecimento

Amelie McCann, com 18 anos, falou pela primeira vez na cerimônia sobre os 16 anos do crime. Desaparecida em 2007, Madeleine teria 21 anos


Publicado em 04 de maio de 2023 | 12:29
 
 
 
normal

A irmã mais nova de Madeleine McCann, Amelie, que atualmente está com 18 anos, falou pela primeira vez sobre o desaparecimento da menina. O pronunciamento da jovem ocorreu aconteceu durante uma vigília realizada por familiares e amigos, na Inglaterra, no marco de 16 anos do caso, que aconteceu no dia 3 de maio de 2007.

Durante a vigília, Amelie McCann defendeu que apesar “de estarem todos juntos, é uma ocasião triste”.

“Estamos aqui esta noite para mostrar nossa amorosa preocupação por Madeleine e por todas as crianças que foram tiradas de suas famílias contra sua vontade”, disse Amelie em seu discurso.

A vigília em homenagem a Madeleine McCann ocorreu duas semanas depois que um tribunal da Alemanha decidiu não levar a julgamento uma denúncia de crimes sexuais que pesa sobre um homem suspeito de envolvimento no desaparecimento da garota britânica, que atualmente teria 21 anos.

Relembre o caso

Madeleine desapareceu no dia 3 de maio de 2007, na ocasião, ela, seus pais e os irmãos, os gêmeos Amelie e Sean McCann, passavam férias em Portugal, pouco antes do seu quarto aniversário, na Praia da Luz, um destino turístico no sul do país europeu.

A menina estava no quarto do hotel com seus irmãos, gêmeos na época com 2 anos, quando desapareceu. No momento de seu sumiço, seus pais, os médicos Kate e Gerry McCann, haviam saído para jantar num restaurante perto do hotel.

Até hoje, as circunstâncias exatas do desaparecimento seguem vagas, e diferentes hipóteses para seu sumiço já foram investigadas.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!