MUNDO

Milei diz trabalhar para que Argentina reconheça Hamas como grupo terrorista

Fala de presidente argentino é resposta à deputada que preside Comissão de Liberdade de Expressão no país, que pediu que grupo armado entre na lista de terroristas

Por agencia
Publicado em 24 de dezembro de 2023 | 08:57
 
 
 
normal

O presidente da Argentina, Javier Milei, afirmou que está trabalhando para que o país reconheça o Hamas como uma organização terrorista. A fala foi realizada na rede social X no sábado, 23, em resposta à publicação de uma deputada que pedia a inclusão do grupo armado na lista de terroristas.

"Estamos trabalhando nisso", disse Milei em resposta à deputada Sabrina Ajmechet, que é presidente da Comissão de Liberdade de Expressão na Argentina e professora de Pensamento Político na Universidade Federal de Buenos Aires (UBA).

Ela havia publicado anteriormente: "Que os judeus argentinos tenham direito a um desejo de Natal: o Hamas deve ser incluído na lista das organizações terroristas. Estamos esperando que o governo faça isso."

Os Estados Unidos, a União Europeia, Reino Unido, Israel, Japão, Canadá e outras nações reconhecem o Hamas como uma organização terrorista. O Brasil, por sua vez, não adota essa classificação

A decisão do Brasil em relação ao Hamas é que o País acompanhe as decisões do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), que tem a atribuição de qualificar grupos como terroristas, além de decidir sobre sanções. (Jorge Barbosa/Agência Estado)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!