LIBERTADORES

Atlético joga mal, sofre com 'lei do ex' diante do Peñarol e perde a primeira sob comando de Milito

Galo teve dificuldades no Uruguai, até cresceu de produção na etapa final, mas vacilou em cobranças de falta e levou gol de Lucas Hernández, lateral que passou pelo clube

Por Frederico Teixeira
Publicado em 14 de maio de 2024 | 21:01
 
 
 
normal

Em noite em que ficou longe de seu melhor futebol e ainda sofreu com a 'lei do ex', o Atlético viu cair a invencibilidade sob o comando do técnico Gabriel Milito. Após nove vitórias e três empates, o time perdeu para o Peñarol por 2 a 0 na noite desta terça-feira (14), em Montevidéu, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. 

Com o resultado, o Atlético segue líder do Grupo G, com 12 pontos, e já tem garantida ao menos na segunda colocação. Como o Peñarol foi a nove pontos, na última rodada o Galo precisará apenas de um empate com o Caracas, dia 28, na Arena MRV, para garantir a liderança. No mesmo dia, a equipe uruguaia recebe o Rosario, da Argentina.

Na noite desta terça (14), o Atlético entrou em campo com uma formação diferente, com o zagueiro Jemerson na vaga de Gustavo Scarpa, meia que havia acusado desgaste muscular.

Sem Scarpa, a defesa do Atlético foi montada com Fuchs pela direita, Battaglia centralizado e Jemerson na esquerda. Mas o principal efeito foi sentido na criação das jogadas.

Mesmo que o Atlético ainda tivesse mais posse de bola, os donos da casa criaram as melhores chances. A primeira delas com Leo Fernandez, em cobrança de falta, que Everson salvou. A bola parada uruguaia viria a ser decisiva na partida.

O Galo até respondeu com Battaglia, que finalizou de calcanhar após cobrança de escanteio e quase marcou um golaço, mas foi pouco.

Everson, que completava sua 38ª partida de Libertadores com a camisa do Galo, teve que mostrar serviço. Em lance que Sequeira recebeu dentro da área, o goleiro colocou pra escanteio

O meio-campo ficou ainda mais vulnerável depois que Otávio sentiu uma fisgada na coxa e deu lugar a Igor Gomes.

No fim da primeira etapa, o Peñarol ainda teve uma chance incrível: Sequeira recebeu livre na área, mas finalizou por cima, praticamente de frente para Everson.

Segundo tempo

No retorno do intervalo, Milito promoveu a entrada de Vargas na vaga do amarelado Alan Franco. Só que o chileno apareceu mais atuando vindo de trás, para tentar se aproximar de Paulinho e Hulk.

Como o quadro pouco se alterou, Milito nem esperou muito. Aos 11, colocou o prata da casa Alisson na vaga de Jemerson, mudando a formação tática da equipe. E o time até cresceu de produção, mas acabou castigado nas chamadas 'bolas paradas'.

Aos 23 minutos, em cobrança de falta de Leo Fernández, a bola explodiu na trave e, no rebote, o lateral-esquerdo Lucas Hernández, ex-Galo, abriu o placar.

Minutos depois, quase filme repetido: nova cobrança de falta de Leo Fernández, Everson espalmou para dentro da área e a bola sobrou limpa para Maxi Silveira ampliar.

Daí em diante, houve pouco futebol. O Atlético teve poucas oportunidades claras e o time uruguaio gastou o tempo que pode e conseguiu segurar a vitória. 


Ficha técnica

Peñarol 2x0 Atlético

Peñarol
Aguerre; Milans, Léo Coelho, Guzmán Rodríguez e Maxi Olivera; Leo Fernández (Angel González), Eduardo Darias, Damián García (Cristofóro) e Gastón Ramírez (Ignacio Sosa); Maxi Silvera (Acosta) e Leo Sequeira (Lucas Hernández). Técnico: Diego Aguirre

Atlético
Everson; Saravia, Jemerson (Alison), Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Otávio (Igor Gomes), Battaglia, Alan Franco (Vargas) e Zaracho; Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

Motivo: quinta rodada fase de grupos da Libertadores
Local: Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, no Uruguai
Árbitro: Wilmar Roldan (Colômbia)
Auxiliares: Alexander Guzman e Jhon Gallego (Colômbia)
VAR: Leonard Mosquera (Colômbia)
Gols: Lucas Hernández  e Maxi Silvera (P)
Cartões amarelos: Alan Franco, Paulinho, Vargas, Fuchs (A), Darias, Ignacio Sosa, Milans (P)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!