OPINIÃO

Hulk valoriza o coletivo ao falar sobre a seca de gols sob o comando de Milito no Galo

Atacante do Atlético vem tendo participações em gols, mas já não marca há vários jogos

Por Fernando Martins Y Miguel
Publicado em 14 de maio de 2024 | 11:35
 
 
 
normal

O Atlético entra em campo nesta terça-feira (14), contra o Peñarol, no Uruguai, e o duelo é uma oportunidade de o atacante Hulk findar um jejum de nove jogos sem balançar as redes.

Em 19 partidas na temporada, Hulk marcou sete vezes e contribuiu com seis assistências. O último gol marcado por Hulk aconteceu na final do Mineiro, na vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, no dia 6 de abril.

Mesmo sem balançar as redes há mais de um mês, o camisa sete do Atlético prefere enaltecer o coletivo da equipe e busca pensar positivo a respeito da seca de gols.

"O resultado final sempre valoriza todos os jogadores. Claro que eu gosto de estar fazendo gols. Por vezes, gosto de dar uma assistência do que marcar. Estou feliz pelo resultado coletivo. Eu sou um cara que me cobro muito. Procuro quebrar recordes. Mas o mais importante é ganhar títulos. Tenho certeza que logo volto a marcar".

Libertadores

Com 12 pontos, o Galo entra em campo contra o Peñarol, no estádio Campeón Del Siglo, em Montevidéu, em busca da classificação como primeiro geral. Já os uruguaios, com 6 pontos, tentam a vitória para se aproximar da vaga.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!